Sul-coreana é a favorita na patinação artística

Sul-coreana é a favorita na patinação artística

Yu-Na Kim, maior nome da modalidade entre as mulheres, sobra na pontuação

A sul-coreana Yu-Na Kim, que domina as provas individuais de patinação artística há quatro anos, saiu na frente na madrugada desta quarta-feira (24, no horário de Brasília) e, com uma apresentação que se destacou muito em relação às das adversárias, liderou o programa curto da modalidade nos Jogos Olímpicos de Inverno.

Ela utilizou a música tema dos filmes do agente secreto James Bond, o 007, para encantar com sua apresentação em Vancouver, obtendo a pontuação de 78,50. A segunda colocação do programa curto ficou com a japonesa Mao Asada, com 73,78, enquanto o terceiro posto foi para a canadense Joannie Rochette, cuja mãe morreu nesta semana. Ela conseguiu 71,36.

O programa livre da patinação artística individual feminina, que ocorrerá às 22h da quinta-feira (25), definirá ouro, prata e bronze. A nota será somada à obtida nesta quarta, e a atleta mais pontuada ficará com o título olímpico.

Yu-Na Kim é um fenômeno do esporte. Ela foi proibida de disputar a Olimpíada de Turim, em 2006, por ter apenas 15 anos. Agora, com 19, já acumula muitos títulos de expressão mundial.

Ela é campeã mundial (2009), campeã do torneio dos quatro continentes (2009), tricampeã da grande final do Grand Prix (2007,2008 e 2009), líder do ranking nos últimos três anos e heptacampeã de etapas do Grans Prix desde a temporada 2006/2007.

A sul-coreana também tem um grande apelo entre os torcedores locais. Em 2006, ela mudou-se para Toronto, no Canadá, para conseguir melhores condições de treinamento.

Mesmo com o desempenho da primeira colocada, o momento mais emocionante foi mesmo o final de apresentação de Joannie Rochette, que chorou muito após terminar a sua coreografia.

Fonte: R7, www.r7.com