Técnico do Vélez Sarsfield explica como parou o craque Neymar

Técnico do Vélez Sarsfield explica como parou o craque Neymar

O treinador disse que essas são coisas "vitais contra jogadores como Neymar".

A vida de Neymar não foi nada fácil no Estádio José Amalfitani, na última quinta-feira, onde o Santos foi derrotado por 1 a 0 pelo Vélez Sarsfield, no jogo de ida das quartas de final da Copa Libertadores. Sempre cercado de marcadores argentinos, o craque alvinegro pouco produziu no jogo. E o técnico do time da casa, Ricardo Gareca, explicou de forma simples o plano de jogo para frear o atacante, que faz temporada espetacular.

Segundo o diário Olé, Gareca disse que baseou a estratégia contra o brasileiro em dois pontos: marcação dupla e organização. O treinador disse que essas são coisas "vitais contra jogadores como Neymar", e que a aplicação tática do time inteiro foi "fundamental para controlá-lo".

Vigiado de perto pelo jovem lateral Peruzzi, Neymar não conseguiu fugir da marcação mesmo quando se movimentava pelo campo. O Vélez manteve as linhas defensivas recuadas e tirou o espaço do brasileiro. Mas apesar da boa atuação em casa, sem sofrer gols, Gareca não mostrou excesso de confiança para o jogo de volta, que acontece na próxima quinta, às 20h (de Brasília).

Para o treinador argentino, "não há nada assegurado" quando se enfrenta uma equipe "do nível do Santos". Gareca também declarou que espera o time paulista mais ofensivo do que na Argentina. Já o centroavante Obolo, que quebrou um jejum de 1.293 minutos sem marcar, lamentou o fato de o Vélez não ter conseguido vencer por dois ou três gols de diferença e repetiu as palavras de seu técnico: "não garantimos nada".

Fonte: Terra