Terry criticou árbitros e pode ser punido

Capitão dos Blues lembra que time foi prejudicado contra o Chelsea e Barcelona

John Terry, capitão do Chelsea, criticou os árbitros da Uefa depois da derrota de seu time para o Inter de Milão, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões. Terry, que teve várias entrevistas publicadas neste fim de semana pela imprensa inglesa sobre o assunto, pode receber uma punição da entidade pelas declarações culpando os juízes das eliminações do Chelsea para o Internazionale e também na semifinal contra Barcelona, na temporada passada.

O jogador reclama de dois pênaltis não marcados pelo alemão Wolfgang Stark, na partida contra o Inter. Terry lembrou que contra o Barcelona, o juiz norueguês Tom Henning Ovrebo não aceitou as reclamações do time inglês sobre quatro penalidades durante o jogo em Stamford Bridge.

Terry também revelou que Wolfgang Stark o desrespeitou como capitão do Chelsea.

- Nós jogamos mal, mas o árbitro teve uma partida muito pior. Nós damos o melhor para chegar na fase decisiva e, em dois anos seguidos, ficamos fora por conta de arbitragens ruins. Precisamos de alguém no clube que enfrente a Uefa - disse o zagueiro.



Fonte: g1, www.g1.com.br