Thiago Neves marca, Flamengo vira sobre América-MG e vence após 10 jogos

Thiago Neves marca, Flamengo vira sobre América-MG e vence após 10 jogos

Deivid comemora o gol do empate: Flamengo encerrou série de jejum

Um gol de Thiago Neves aos 43min do segundo tempo livrou o Flamengo, sem Ronaldinho, de mais um fiasco no Campeonato Brasileiro. Neste sábado, diante do lanterna América-MG no Engenhão, o Fla saiu atrás do marcador, reagiu após o intervalo e conseguiu vencer por 2 a 1, o que dá refresco à crise que o atormentava na Série A.

A vitória sobre o América-MG é a primeira do Flamengo após 10 jogos de jejum, com cinco empates e cinco derrotas. Com 41 pontos, a equipe do pressionado Vanderlei Luxemburgo fica ao lado do Fluminense e, na quinta posição, volta a flertar com a zona de classificação à Libertadores. O time mineiro, com 19 pontos, não sai da lanterna.

Sem Alex Silva, Ronaldinho e Willians, o Flamengo teve um primeiro tempo desastroso no Engenhão e o América-MG, incisivo no ataque, sobrou em campo. Travado pelo meio-campo pouco criativo que montou Vanderlei Luxemburgo, com Aírton e Maldonado, o time da casa foi dominado e saiu para o intervalo com a sensação de que o estrago poderia ser ainda maior.

Isto porque já aos 17min, em boa jogada, Kempes finalizou do bico da grande área e fez Felipe trabalhar. Aos 21min, com o Flamengo desestabilizado, o mesmo Kempes recebeu em velocidade, driblou o goleiro flamenguista e, com o gol aberto, desperdiçou uma oportunidade inacreditável, acertando a rede pelo lado de fora.

De tanto insistir, o gol do América-MG ia amadurecendo e ocorreu aos 30min. Dentro da área, Gílson foi atropelado por Bottinelli, que chegou atrasado na marcação e cometeu um pênalti bisonho. Kempes cobrou bem, se redimiu do erro anterior e aumentou a pressão sobre o Fla. Aos 44min, em cobrança de falta preciosa de Amaral, Felipe foi buscar no ângulo e conservou a desvantagem mínima.

Com uma equipe tão perdida em campo, Luxemburgo tentou consertar os próprios erros e fez trocas por atacado. Os jovens Diego Maurício e Thomas, além de Deivid, entraram para buscar a primeira vitória após 10 jogos no Brasileiro. O Flamengo melhorou de forma sensível e passou a criar oportunidades.

Com os garotos abertos pelas pontas, o Fla teve a primeira oportunidade depois de bom cruzamento de Léo Moura que Thomas falhou ao deixar passar. Junior Cesar também ameaçou em conclusão de fora que Neneca segurou. Aos 17min, enfim o time da casa igualou: Léo Moura fez nova jogada pela direita e, com perfeição, serviu Deivid para completar ao gol de cabeça.

O gol de empate fez a partida ficar toda para o Flamengo, que passou a pressionar pela virada. Thiago Neves teve a chance em chute da entrada da área e, aos 33min, Diego Maurício levou pela ponta esquerda e acertou bela conclusão. Neneca, sempre seguro, colocou para escanteio.

E aos 43min, depois de tanto pressionar, o Flamengo conseguiu a virada com gol de Thiago Neves. Depois de jogada pela esquerda, Deivid bobeou, Thiago chutou e, no rebote, colocou de cabeça para o fundo das redes de Neneca.

Fonte: Terra, www.terra.com.br