Timão desconsidera mau momento do rival

Após definição de confronto, Corinthians prega respeito ao rival em crise

O Flamengo perdeu a Taça Rio para o Botafogo, fez a pior campanha entre os classificados para as oitavas de final da Copa Libertadores da América e provavelmente terá um novo técnico nesta sexta-feira (23). Nada disso é capaz de animar técnico e jogadores do Corinthians antes do confronto de mata-mata com o rival.

Mano Menezes manteve o discurso modesto após a vitória sobre o Independiente Medellín, no Pacaembu, e afirmou que o clássico não tem favoritos.

- Tenho certeza de que esses problemas não estarão em campo. Não existe diferença técnica para as duas equipes. É só olhar o plantel de cada uma. Será um confronto duro. Como sempre acontece nesse tipo de jogo, vai passar quem errar menos.

O Corinthians poderia ter escapado do confronto com o Flamengo caso perdesse para o Independiente Medellín nesta quinta-feira (22), mas o time ganhou por 1 a 0. Segundo o lateral-esquerdo Roberto Carlos, foi a melhor coisa a se fazer.

- Não poderíamos escolher adversário, mesmo sabendo da força do Flamengo. Independentemente do momento, eles têm um grande time.

Mano lembrou também que seria praticamente impossível evitar um encontro com outro time brasileiro na sequência da Libertadores.

- Esse choque interno sempre é mais difícil. E enfrentar o Flamengo é complicado em qualquer estágio da competição.

Sorrindo, o técnico do Corinthians advertiu que até a mudança de comando poderá ser positiva para o Flamengo.

- De repente, eles podem apresentar um técnico que nos conheça bem.

Muricy Ramalho, com passagens por São Paulo e Palmeiras, é um dos cotados para substituir Andrade no clube carioca.

Fonte: R7, www.r7.com