Timão e Santos se enfrentam por vaga na final da Libertadores

Corinthians recebe o Santos no Pacaembu com a vantagem de poder empatar para se garantir na decisão.

Um gênio contra 11 guerreiros. Corinthians e Santos confrontarão, nesta quarta-feira, às 21h50m, no Pacaembu, suas diferentes qualidades em nome da vaga na final da Taça Libertadores. De um lado, a equipe de operários do Timão, invicta e dona da melhor defesa do torneio. Do outro, toda a esperança recai em Neymar voltar a ser Neymar para fazer a diferença mais uma vez.


Timão e Santos se enfrentam por vaga na final da Libertadores

A vitória por 1 a 0 na Vila Belmiro deixou o Corinthians em boa situação para obter a inédita classificação à decisão. O clube avançará com um empate. A missão do Santos é mais complicada. O Peixe precisa triunfar marcando, no mínimo, dois gols como visitante para ter o regulamento a seu lado. Caso vença pelo mesmo placar do primeiro duelo, a decisão será nos pênaltis.

A seu favor, o Corinthians conta com números impressionantes de sua defesa. Foram apenas dois gols sofridos em 11 partidas (ambos na primeira fase), o que o coloca com a melhor média da história do torneio (0,18 por duelo). Mais que isso, o Timão não sofreu nenhum jogando no Pacaembu. Se mantiver o desempenho, estará na final contra Universidad de Chile ou Boca Juniors.

A confiança do Santos é exatamente em acabar com a muralha construída por Tite. Depois da apagada exibição no primeiro jogo, Neymar precisa se redimir. Apesar da derrota na Vila, o retrospecto do atacante no ano é mais do que positivo. Neymar fez nada menos que 27 gols em 27 partidas em 2012, e conta com o auxílio de Paulo Henrique Ganso para impedir que o sonho do quarto título sul-americano seja adiado.

Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS) apita a partida. Os auxiliares são Altemir Hausmann (Fifa-RS) e Alessandro Rocha de Matos (Fifa-BA).

Fonte: GloboEsporte