Timão faz 101 anos e convoca torcida para comemorar nas ruas

Timão faz 101 anos e convoca torcida para comemorar nas ruas

Para celebrar o dia festivo, o clube quer a ajuda dos quase 30 milhões de “fieis”

Como disse Ronaldo, o centenário do Corinthians só acaba no dia 1 de setembro de 2011. E o dia chegou. Nesta quinta-feira, o Timão comemora seu 101º aniversário ainda sem o tão sonhado título da Taça Libertadores, mas aliviado pela vitória sobre o Grêmio que o manteve na liderança e como um dos favoritos ao título do Campeonato Brasileiro. Para celebrar o dia festivo, o clube quer a ajuda dos quase 30 milhões de ?fieis?.

Desde o mês passado, o departamento de marketing do Corinthians vem convocando os torcedores para exaltar seu amor ao clube na data, usando a camisa do Timão no trabalho, no colégio ou pendurandos faixas e bandeiras alvinegras em janelas, sacadas e carros. A expectativa é por uma grande adesão ao menos na cidade de São Paulo. A ação foi feita também em 2010.

A festa terá também seus momentos de requinte. O clube promoverá, apenas para conselheiros, membros do futebol, dirigentes e convidados, um jantar no Anhembi, em São Paulo, para comemorar o aniversário. A festa será embalada pelo show da cantora Maria Rita. No ano passado, o evento contou com a apresentação de Roberto Carlos.

O Corinthians, aliás, vai comemorar aliviado. A vitória por 3 a 2 sobre o Grêmio, no Pacaembu, acabou com a sequência de duas derrotas consecutivas e amenizou o clima tenso com a torcida. No início da semana, torcedores pediram uma reunião com os líderes do elenco, mas não conseguiram por, segundo eles, irem em maior número ao CT Joaquim Grava do que o combinado com o presidente Andrés Sanches.

- A pressão é grande no centenário, no aniversário de 99 anos, no de 101. Clube grande tem de fazer boa campanha e bater título porque o bicho pega. Clube grande vive de títulos. Técnico faz carreira com grandes trabalhos. Bater campeão é necessidade ? afirmou o técnico Tite.

A afirmação de Ronaldo sobre quando o centenário chegaria ao fim tinha um motivo claro: a Libertadores. Apesar de todo o investimento feito nos últimos anos, o Timão não chegou ao inédito título. Vencer o Brasileirão é dar novamente outro passo para, enfim, conquistar a América.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com