Histórico: Timão pode conquistar 1º título relevante no Pacaembu

O Pacaembu é historicamente conhecido como um palco de alegrias, aflições, lágrimas e tristezas do torcedor alvinegro



O corintiano adora bradar que o Pacaembu é a sua casa. Mas somente neste domingo, se conseguir pelo menos um empate com o Palmeiras, é que o Corinthians finalmente terá alcançado um título de expressão nacional no estádio paulistano.

O Pacaembu é historicamente conhecido como um palco de alegrias, aflições, lágrimas e tristezas do torcedor alvinegro. Foi no estádio paulista, por exemplo, que a equipe viveu dias de agonia até a queda para a Série B, em 2007, consumada no Olímpico, contra o Grêmio. Um ano depois, o torcedor lotou o estádio para empurrar o Timão novamente para a elite nacional e fez festa para abraçar o acesso.

Foi também na ?casa corintiana? que o torcedor viu Ronaldo voltar para o Brasil e conquistar o Paulista de 2009. E arrancar para o título da Copa do Brasil ? a taça foi levantada no Beira-Rio, depois do 2 a 2 com o Internacional. Agora, o clube tem a chance de ser campeão brasileiro diante de sua torcida e no local em que se sente mais à vontade. Tite que o diga.

- Eu prefiro jogar sempre em casa. O Pacaembu é a nossa casa. É preciso maturidade, qualidade técnica individual, saber administrar dentro ou fora de casa. Em momento decisivo tem que estar preparado para todas as situações, porém, quero sempre decidir na minha casa - explicou Tite, que tem com o Corinthians dois pontos de vantagem sobre o Vasco (70 a 68).

O Timão só voltou a jogar com mais frequência no Pacaembu graças ao rompimento com o São Paulo. Em 2009, o Tricolor se recusou a dar ao Alvinegro mais do que 10% da carga de ingressos para um clássico. Em contra-ataque, o presidente Andrés jurou que, enquanto estivesse no poder, o Corinthians não jogaria mais no Morumbi. E cumpriu. Tanto que a decisão da Copa do Brasil daquele ano contra o Inter e todos os jogos das Libertadores foram no Paulo Machado de Carvalho.


Timão pode conquistar seu 1º título de expressão nacional no Pacaembu

No total, o Corinthians já conquistou 21 títulos no Pacaembu. Apenas seis tem alguma relevância: os três do Paulista (1951, 1954 e 2009) e três edições do Torneio Rio-São Paulo (1950,1954 e 1960).

- Nos anos 50, por exemplo, era impossível (conquistar um título de expressão no Brasil) porque não havia um campeonato nacional. O que tinha era o Rio-São Paulo, que era o máximo - disse Celso Unzelte, jornalista e pesquisador da história do Corinthians.

Unzelte afirma que alguns campeonatos conquistados pelo Timão no Pacaembu, como o Torneio Início de 1941, não têm muita relevância. Mas algumas competições internacionais eram importantes na época, como o Torneio Internacional Charles Muller, que tinha como participantes Benfica e Peñarol.

- Mas é importante ressaltar que o Corinthians venceu três vezes o Brasileiro no Morumbi e ainda jogou uma final de Copa do Brasil. O problema, na verdade, não era o Corinthians. Mas sim o Pacaembu, que não conseguia comportar o público - brincou o jornalista.

O Corinthians, aliás, tem data para abandonar o estádio na área nobre de São Paulo. De acordo com a previsão da diretoria, em dezembro de 2013, o clube vai inaugurar a tão sonhada arena em Itaquera. Até lá, o Timão contiunará concentrando seus jogos no Pacaembu. Em 2012, já estão garantidos os duelos pela primeira fase da Taça Libertadores contra Cruz Azul-MEX, Deportivo Tachira-VEN e mais um clube do paraguai.

Indiferente ao passado, o torcedor corintiano vai lotar o Pacaembu no próximo domingo. Com uma margem pequena para o erro em relação ao Vasco, o Alvinegro encontrará na última rodada do Campeonato Brasileiro pela frente justamente seu maior rival. Sinônimo de sofrimento, lágrimas, angústia e, quem sabe, alegria. Do jeitinho que o corintiano gosta.

Fonte: Globo Esporte