Timão quer Defederico com mais força física

Timão quer Defederico com mais força física

Defederico terá que deixar de ser La Pulga se quiser fazer sucesso no futebol brasileiro. Mas não apenas no apelido e, sim, na prática. Depois de pouco mais de uma semana de treinamentos, a comissão técnica do Corinthians entende que o meia precisa de um rigoroso processo para ganhar massa muscular e assim suportar a forte marcação que receberá.

A primeira avaliação feita pela pelo departamento fisiológico do Timão constatou que Defederico tem uma defasagem física e que necessitará de um trabalho especial. Ele chegou ao Parque São Jorge com 1,71m e pesando apenas 66kg. Como comparação com um jogador da mesma posição, o atacante Jorge Henrique, dois centímetros menor (1,69m), tem três quilos a mais (69kg).

- Estamos começando bem do básico com ele para não termos problemas. O corpo dele ainda está em formação (tem 20 anos) e também é preciso cuidado para ele se adaptar. Não vamos exigir que ele entre na equipe agora e desenvolva tudo o que pode ? explicou o preparador Walmir Cruz.

O mesmo trabalho que começou a ser feito com Defederico já foi colocado para os garotos que subiram das categorias de base, como os meias Jadson e Boquita, além do atacante Marcelinho. No ano passado, Dentinho também teve que ganhar massa muscular para conseguir jogar com mais qualidade e aguentar o contato físico.

saiba mais

Ronaldo ganha dois quilos, mas comissão projeta condição ideal em uma semana

Timão dá adeus a Itu com muitas risadas e treino de finalização

Mano vê Defederico como atacante, e Timão segue sonhando com Riquelme

Defederico, aliás, se surpreendeu com o estilo de trabalho no futebol brasileiro, principalmente com a ênfase dada ao trabalho na academia. Segundo ele, na Argentina, onde defendeu o Huracán, os treinamentos são voltados apenas para as partes técnica e tática. O jogador não atua há dois meses, desde o encerramento do campeonato local.

- A metodologia é diferente na Argentina. Lá, não existe esse trabalho de força. É apenas bola. Aqui, isso muda ? acrescentou Cruz.

Mesmo com o problema, o técnico Mano Menezes deverá escalar Defederico para enfrentar o Coritiba, quarta-feira, no Couto Pereira, pelo Campeonato Brasileiro. O mesmo acontece com o volante Marcelo Mattos.

- Talvez, o Marcelo vai sentir menos porque vinha jogando. O Defederico ainda vai evoluir na parte física, mas já foi possível ver a qualificação técnica e a característica dos dois jogadores ? disse Mano.

Fonte: AE