Timão prevê condição ideal de Adriano só nos últimos cinco jogos

Timão prevê condição ideal de Adriano só nos últimos cinco jogos

A torcida do Corinthians precisará de muita paciência até que Adriano recupere sua condição ideal

A torcida do Corinthians precisará de muita paciência até que Adriano recupere sua condição ideal. Com somados 42 minutos em campo nos dois últimos jogos, o Imperador mostrou que ainda precisa adquirir ritmo e uma melhor forma para ajudar a equipe na reta final do Campeonato Brasileiro. Nas contas da comissão técnica e do departamento médico, o camisa 10 estará pronto somente nas últimas cinco rodadas.

Os 12 minutos em campo contra o Atlético-GO e os 30 de ação diante do Botafogo evidenciaram que Adriano ainda possui muito receio em determinados movimentos e alguns quilos a queimar. Com o tendão do pé esquerdo recuperado, o tornozelo da mesma perna virou o alvo. O Imperador tem um problema crônico no local desde o Internazionale-ITA e precisa de cuidados especiais. Em decorrência do longo período de inatividade, o atleta necessita de mais estabilidade na região para ganhar potência na mobilidade.

- Temos um prognóstico de que em três semanas ele poderá ter uma evolução maior. De repente, nas últimas cinco rodadas nós poderemos ver o Adriano em campo por 90 minutos. Tudo vai ser de acordo com a evolução. Nós imaginávamos que ele pudesse suportar 15 minutos, mas jogou 30 contra o Botafogo ? explicou o fisioterapeuta Bruno Mazziotti.

Adriano vem sendo monitorado diariamente para não ter qualquer problema físico na parte final do Brasileirão. O corpo clínico entende que a participação dele nas partidas tende a aumentar gradativamente, mas sem superar em demasia qualquer orientação. Como ele não atuava desde 19 de janeiro, ainda pelo Roma-ITA, os riscos de uma lesão muscular na fase de readaptação são grandes. Uma intercorrência neste momento praticamente acabariam com as chances de o Imperador ser decisivo na briga do Timão pelo título.

- O que nós fazemos é sempre trabalhar metas e calcular riscos. Ele joga sempre com uma margem abaixo do normal para não ter problema. O Tite consultou a comissão se poderia utilizá-lo mais em função do jogo. Naquele momento, houve o aval. É lógico que, se isso for constante, pode acarretar em um comprometimento muscular, uma mialgia, que o tiraria de uma semana de treino. Nosso foco agora é que ele treine mais que os outros jogadores para voltar às suas valências físicas ? ressaltou.

Caso a previsão se confirme, Adriano estará pronto em um momento de decisão do título nacional. Nas últimas cinco rodadas, o Corinthians tem pela frente Atlético-PR (13/11), Ceará (16/11), Atlético-MG (20/11), Figueirense (27/11) e Palmeiras (04/12). Enquanto isso, o trabalho será árduo, mesclando atividades no gramado e sessões de treinamento na fisioterapia.

O Imperador, aliás, não está garantido para enfrentar o Cruzeiro, domingo, às 16h, em Sete Lagoas-MG. Ele dependerá de uma avaliação de seu desempenho nas atividades até a manhã de sábado. Se não for levado para a viagem, continuará treinando no CT Joaquim Grava para não perder tempo. O Imperador deu um susto nos médicos no treino da última quinta, ao cair sentindo dores no tornozelo após uma dividida (assista ao vídeo).

- Vamos esperar até sábado. Se ele for para o jogo, vai ficar com a programação dos outros atletas, com folga na segunda. Se não for, fica trabalhando nesses três períodos a mais para melhorar a performance física ? completou Mazziotti.

Fonte: Globo Esporte