Timão só empata e perde chance de voltar à liderança

Timão só empata e perde chance de voltar à liderança

A equipe alvinegra tem 32 pontos na segunda colocação, um a menos que os cariocas

O Campeonato Brasileiro tem um novo líder. Neste domingo, em Curitiba, em jogo válido pela 15ª rodada, o Corinthians empatou com o Atlético-PR por 1 a 1 e viu o Flamengo assumir a ponta da tabela por sua vitória sobre o Coritiba no último sábado. A equipe alvinegra tem 32 pontos na segunda colocação, um a menos que os cariocas. Já o time do Paraná está na incômoda 19ª posição, com 12 pontos.

O empate interrompeu a série de duas vitórias do Atlético-PR, que busca reagir após fraco início de campeonato. No péssimo gramado da Arena da Baixada, a equipe da casa viu um primeiro tempo equilibrado, em que Cléber Santana abriu o placar com um gol de pênalti. Depois do intervalo, também em penalidade, Alex igualou com seu primeiro tento com a camisa alvinegra.

Na próxima rodada, o Atlético-PR visita o São Paulo no Morumbi, partida que será disputada no sábado, às 18h30. Já o Corinthians tem partida contra o Santos na quarta-feira, às 21h50, jogo da quinta rodada que havia sido adiado. Com o clássico, o time alvinegro não terá mais uma partida a menos em relação aos adversários pela ponta.

Vindo da sequência positiva, o Atlético-PR manteve a base que fez 3 a 0 fora de casa no Atlético-GO. Novamente Devid, Cléber Santana, Kléberson e Marcinho formaram o meio de campo, com Madson auxiliando Morro Garcia no ataque.

Já o Corinthians sofreu duas mudanças. O goleiro Danilo Fernandes substituiu o barrado Renan, enquanto Alex tornou-se titular de última hora, substituindo o centroavante Emerson que sentiu um torcicolo e iniciou o jogo no banco. O meia formou uma linha de armadores com Danilo e Jorge Henrique, contando também com a presença do atacante Willian.

O jogo

A partida começou animada, com os times arriscando finalizações de longe, ainda que sem muito perigo. A primeira chance real saiu aos 7min, em falta cobrada por Edilson que passou perto da trave direita do Corinthians. A resposta corintiana saiu quatro minutos depois, a partir de jogada de Alex. O meia deu bom passe para Danilo, que chutou para a defesa de Renan Rocha.

Danilo foi responsável por novo perigo criado pelo Corinthians, um chute de longe defendido pelo goleiro atleticano aos 16min. A melhor chance do jogo até então saiu quatro minutos depois, quando a bola sobrou para Willian perto da pequena área do Atlético-PR, mas o atacante finalizou por cima do travessão. Apesar do jogo equilibrado, era o Corinthians quem criava as melhores oportunidades a partir da troca de passes entre seus homens de frente.

Quem marcou, porém, foi o Atlético-PR. Aos 34min, Madson aproveitou falha de Welder, roubou bola, invadiu a área e foi derrubado pelo lateral direito. Apesar da reclamação corintiana de que a infração foi fora da grande área, o árbitro Francisco Carlos Nascimento assinalou o pênalti, que foi cobrado com força e precisão por Cleber Santana.

O gol animou o time da casa, que passou a atacar com mais vibração. Aos 38min, Madson arriscou arremate forte de longe e a bola passou perto do travessão. Quatro minutos depois, após grande passe de Marcinho, Paulinho cruzou na área e Morro Garcia finalizou para fora na saída do goleiro Danilo Fernandes. A última chance do primeiro tempo ocorreu aos 46min, falta cobrada por Alex que exigiu boa defesa de Renan Rocha.

Segundo tempo

As duas equipes voltaram com mudanças para o segundo tempo. Renato Gaúcho sacou Morro García para a entrada de Branquinho, enquanto Tite tirou Welder e Jorge Henrique, substituindo-os por Edenílson e Emerson, mesmo com torcicolo. E a partida começou já com um pênalti. Cléber Santana derrubou Paulinho na área após grande jogada de Alex. O camisa 12, que não é cobrador oficial do Corinthians (função de Chicão), foi para o arremate e conseguiu seu primeiro gol com a camisa alvinegra.

Depois da igualdade, o Atlético-PR seguiu ao ataque em busca de seu segundo gol, e ficou perto do mesmo aos 7min. Branquinho aproveitou sobra na área de tentativa de Cléber Santana e chutou por cima do travessão. Oito minutos depois, Madson recebeu bom passe de peito e foi lançado na área, mas foi desarmado pela marcação visitante.

Pouco a pouco o Corinthians passou a controlar a partida, mantendo o Atlético-PR em seu campo de defesa e usando a boa técnica de Alex e Willian. Aos 20min, Willian rolou para a entrada da área e Danilo deu forte chute na trave direita. Três minutos depois, o meia ameaçou de novo em arremate distante, mas desta vez a bola parou nas mãos de Renan Rocha.

O Atlético-PR voltou a ameaçar aos 24min, em cobrança de escanteio que Fabrício completou pela linha de fundo. A tentativa pouco animou o Renato Gaúcho, que sacou Marcinho para a entrada de Rodriguinho. A alteração pouco surtiu efeito, e o time da casa tinha dificuldades para ameaçar. Os curitibanos tiveram boa oportunidade em cobrança de falta aos 42min, mas o chute de Edilson bateu na barreira.

Atlético-PR 1 x 1 Corinthians

Gols

Atlético-PR:

Cléber Santana, aos 35min do primeiro tempo

Corinthians:

Alex, aos 2min do segundo tempo

Atlético-PR: Renan Rocha; Edílson, Manoel, Fabrício e Paulinho; Deivid (Wendel), Cléber Santana, Kléberson e Marcinho (Rodriguinho); Madson e Morro García (Branquinho). Técnico: Renato Gaúcho

Corinthians: Danilo Fernandes; Welder (Edenílson), Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf e Paulinho; Danilo, Alex e Jorge Henrique (Emerson); Willian (Elias). Técnico: Tite

Cartões amarelos

Atlético-PR: Cléber Santana, Kléberson e Madson

Corinthians: Wendel, Chicão, Paulinho, Jorge Henrique e Ralf

Árbitro

Francisco Carlos Nascimento (AL)

Público

25.335 pagantes

Local

Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Fonte: Terra