Tite é o mais votado para ser o novo técnico da seleção brasileira, aponta pesquisa do Datafolha

Tite é o mais votado para ser o novo técnico da seleção brasileira, aponta pesquisa do Datafolha

Ex-técnico do Corinthians tem 24%. Zico aparece em segundo, com 19%

O técnico Tite é o preferido da torcida para assumir a Seleção após a saída de Luiz Felipe Scolari, segundo pesquisa realizada pelo Datafolha entre os dias 15 e 16 de julho, em 233 municípios brasileiros, com 5.377 entrevistados (a margem de erro é de 2% para mais ou para menos). O ex-treinador do Corinthians alcançou 24% da preferência em uma lista que tinha outros oito nomes: Zico, Muricy Ramalho, Vanderlei Luxemburgo, Carlos Alberto Parreira, Mano Menezes, Marcelo Oliveira e Cuca.

O técnico Tite é o preferido da torcida para assumir a Seleção após a saída de Luiz Felipe Scolari, segundo pesquisa realizada pelo Datafolha entre os dias 15 e 16 de julho, em 233 municípios brasileiros, com 5.377 entrevistados (a margem de erro é de 2% para mais ou para menos). O ex-treinador do Corinthians alcançou 24% da preferência em uma lista que tinha outros oito nomes: Zico, Muricy Ramalho, Vanderlei Luxemburgo, Carlos Alberto Parreira, Mano Menezes, Marcelo Oliveira e Cuca.

Zico, que teve seu último trabalho como técnico no Al Gharafa, do Catar, no começo do ano, aparece em segundo lugar, com 19%. Muricy Ramalho, treinador do São Paulo, é o terceiro, com 14%. Atrás deles estão Carlos Alberto Parreira e Vanderlei Luxemburgo (6% cada), Mano Menezes (5%), Marcelo Oliveira e Cuca (2%). Entre os entrevistados, 18% disseram que não sabiam que deveria ser o novo treinador, e 5% responderam que nenhum dos nomes sugeridos deveria ocupar o cargo.

A pesquisa também questionou sobre a participação da Seleção na Copa do Mundo. Para 77% dos entrevistados, o desempenho do Brasil deu mais vergonha que orgulho. Outros 16% disseram que deu mais orgulho que vergonha.

O técnico Luiz Felipe Scolari teve seu trabalho avaliado pelos entrevistados: para 20% ele pode ser considerado ótimo ou bom. Mas 28% responderam regular e 49% disseram que o trabalho foi péssimo.

O Datafolha também perguntou sobre a nacionalidade do novo treinador da Seleção. Para 68%, o técnico deveria ser brasileiro, enquanto 23% dizem que ele deve ser estrangeiro. Somente 9% não souberam responder.

Fonte: Globo Esporte