Tite explica ida de Emerson para o banco: ‘Cunho técnico e disciplinar’

Após insatisfação com substituição, atacante começa na reserva contra o Luverdense. Momento técnico também ajuda em decisão

A mudança mais surpreendente no Corinthians que enfrenta o Luverdense, nesta quarta-feira, às 21h50m (horário de Brasília), pelas oitavas de final da Copa do Brasil, está no ataque. Mesmo sem Renato Augusto, preservado por causa da sequência de jogos, o técnico Tite optou por deixar o atacante Emerson no banco de reservas. A opção tem um fundo técnico, pelo fato de outros estarem em melhor momento, mas também disciplinar.


Tite explica ida de Emerson para o banco: ?Cunho técnico e disciplinar?

Isso porque Emerson reclamou muito de ter sido substituído na vitória por 1 a 0 sobre o Coritiba, domingo passado, no Pacaembu, pelo Brasileirão. Ao deixar o gramado, não cumprimentou Tite e demonstrou insatisfação ao sentar no banco de reservas.

- Quero dizer que sempre há cunho técnico e disciplinar em todas as questões. Não sei o quanto ele ficou bravo por não ter tido o melhor desempenho, ou bravo com o treinador que o tirou. De qualquer forma, está errado, pois temos de estar voltados sempre para a equipe e não podemos dar margem para situações. Temos de colocar o time acima de tudo - explicou Tite, nesta terça-feira, logo após o treino de reconhecimento do gramado do estádio Passo das Emas, palco do jogo contra o Luverdense.

O técnico pediu calma ao atacante, que vinha sendo titular nas últimas partidas e agora terá de lutar para reconquistar uma vaga entre os titulares.

- Não pode ficar chateado, pois isso dá margem a interpretações e eu tenho de responder uma série de coisas. Mata no peito e não dá margem a nada. Dar margem para interpretações é ruim - disse Tite.

Sem Emerson, o ataque alvinegro será formado por uma linha de três jogadores ? Romarinho, Danilo e Alexandre Pato ? mais Guerrero fazendo a função de centroavante. Assim, Pato será titular do Corinthians pela quarta partida seguida.

O Timão vai enfrentar o Luverdense com a seguinte formação: Cássio, Alessandro, Gil, Felipe e Igor; Ralf e Ibson; Romarinho, Danilo e Alexandre Pato; Guerrero.

Fonte: GloboEsporte