Tite recebe presentes de torcedores da Fiel e diz que não vai deixar Timão

Torcedores vão até a casa do técnico, em São Paulo, para prestar apoio em momento difícil. Técnico reforça que não deixará o clube

A permanência do técnico Tite vem sendo questionada na série negativa vivida pelo Corinthians no segundo semestre de 2013. A equipe completou um mês sem vencer nesta terça-feira e já acumula cinco derrotas e três empates nos últimos oito jogos. Apoiado pela diretoria alvinegra, o comandante revelou ter recebido presentes de alguns torcedores, como forma de apoio, e se disse um privilegiado por ocupar tal posto em um clube como o Timão.


Tite recebe presentes da Fiel e brinca: ?É nós na vitória e na derrota?

A expressão de Tite após a derrota por 4 a 0 para a Portuguesa, no último domingo, deixou claro que o técnico estava abatido. Sem encontrar uma formação ideal para o Corinthians, que marcou apenas um gol nesta série negativa, o treinador buscou na família ? especialmente na esposa Rosmari ? a força necessária para seguir em frente e acreditar no próprio trabalho.

? Isso aqui é uma equipe. Vencemos juntos, perdemos juntos.Culturalmente o técnico ganha maior evidência, mas aqui todos triunfam e caem. Temos de ter luz, equilíbrio e persistência. Trabalho é assim, futebol é assim. Eu penso sempre em dar o melhor para o Corinthians e coloca-lo acima de tudo. Se aqui ?é nóis? (sic) quando ganha, também ?é nóis? quando perde ? afirmou, usando uma gíria paulistana.

? Eu sou muito privilegiado. Estar técnico do Corinthians, apoiado com os resultados que eu venho tendo, não é para qualquer um. Eu quero ter toda a força e capacidade possíveis para trabalhar e retribuir toda a equipe e as pessoas que me apoiam. Algumas pessoas descobriram minha casa, minha esposa atendeu a campainha de manhã e disse que havia torcedores que queriam me dar um monte de coisa.

O técnico explicou o fato de não ter dado entrevista coletiva após o tropeço contra a Lusa. Ele lembrou que também não apareceu para falar após os 4 a 0 sobre o Flamengo, no dia 1º de setembro, última vitória da equipe no Campeonato Brasileiro, e assegurou que não está fugindo de qualquer responsabilidade simplesmente por não conversar com a imprensa.

? Eu não falei porque quando vencemos o Flamengo por 4 a 0 também dei a oportunidade aos atletas. Não havia necessidade do técnico falar após uma grande atuação e um grande resultado. Contra a Portuguesa, os atletas pediram para o professor não falar, e ele aceitou esse pedido ? completou.

Ao contrário de jogadores como Alexandre Pato e Emerson Sheik, Tite vem sendo poupado de críticas pela torcida, apesar da série negativa. Com a partida diante da Portuguesa, ele se tornou, de forma isolada, o segundo técnico com mais jogos à frente do clube: 257 jogos, atrás apenas de Osvaldo Brandão, que acumula 441.

O Corinthians volta a campo nesta quarta-feira, às 21h50m (horário de Brasília), no estádio Romildo Ferreira, em Mogi Mirim, para encarar o Bahia. Ocupando a 13a colocação do Campeonato Brasileiro, com 31 pontos, a equipe luta para encerrar o jejum de vitórias e afastar qualquer proximidade com a zona de rebaixamento da competição nacional.

Fonte: GloboEsporte