Título do Campeonato Brasileiro tem 90% de chances de ficar com São Paulo ou Flamengo

O Flamengo diminuiu o favoritismo do São Paulo, pois 50% é o limite

Após a 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, os números mostram que a disputa do título ficou restrita a São Paulo e Flamengo. O Tricolor Paulista tem 50% de possibilidade de ser campeão contra 40% dos rubro-negros de acordo com o matemático Tristão Garcia. A chance de o vencedor ser conhecido apenas na última rodada não mudou muito, ficando em 82%, uma queda quase irrisória, já que há uma semana o percentual estava em 83%.

- O Flamengo diminuiu o favoritismo do São Paulo, pois 50% é o limite. O time rubro-negro fez a diferença ao vencer dois jogos fora. Agora, cabe aos tricolores fazerem o mesmo para diminuir a pressão. Em um campeonato de líderes fracos, a equipe carioca tem uma boa chance de quebrar essa hegemonia paulista - analisou Tristão Garcia.

O Palmeiras depende de um milagre para mudar esse panorama. As suas chances caíram de 24% na última rodada para apenas 7% por causa do empate em casa diante do Sport. O Verdão fica em desvantagem para o Fla por ter apenas mais um jogo no Palestra contra dois dos adversários no Maracanã.

Em relação ao São Paulo, o caminho teoricamente mais difícil da equipe alviverde é o grande problema. Os dois jogam fora contra o Botafogo. Tudo igual até aí. Mas o adversário em casa do Palmeiras é o Atlético-MG, na luta por uma vaga na Libertadores, enquanto o dos tricolores, mesmo tendo que jogar a 100km da capital paulista, é o Sport, já rebaixado à Série B. Fora de casa, alviverdes pegam o Grêmio, invicto em seus domínios, e são-paulinos encaram o Goiás, um time sem maiores objetivos na competição.

Para se confirmar a vaga à Libertadores da América, uma equipe precisa de 63 pontos, o que deixa o São Paulo (99%) a um empate e o Flamengo (98%) a uma vitória do objetivo. Com dois times praticamente garantidos, Palmeiras, Internacional, Atlético-MG e Cruzeiro lutam pelas duas vagas restantes com uma chance mínima ainda para o Avaí.

O Verdão, que ficou para trás na luta pelo título, continua dependendo dos próprios esforços para assegurar o seu lugar na competição continental. Quatro pontos seriam o suficiente para que a equipe terminasse no G-4.

- A grande vantagem do Palmeiras, além da pontuação, é que seus dois principais perseguidores, Inter e Atlético, se enfrentam, e o time alviverde ainda recebe o Galo - comentou o matemático.

A rodada do fim de semana deixou Náutico e Santo André com um pé na Série B, com chances de 99% e 97% de serem rebaixados, algo praticamente irreversível a essa altura do campeonato. A última desagradável vaga no Z-4 está entre dois cariocas, Botafogo e Fluminense, e dois paranaenses, Coritiba e Atlético-PR, que têm ampla vantagem, por enquanto. A chance de cair um time do Rio está em 92% contra 7% das equipes do Sul.

A chance desta disputa pela permanência na elite ser decidida na 38ª e última rodada subiu de 77% para 81% graças a mais uma vitória do Tricolor carioca. O número mágico para se livrar da degola ainda é 46 pontos, mas, com 45, atual pontuação do Santos, há 89% de possibilidade de seguir na Série A. Já com os 44 pontos de Vitória e Coxa, há chance de 71% de seguir na Primeira Divisão.

Fonte: GloboEspote, www.globoesporte.com