Torcedor corintiano esfaqueado no pescoço na Gaviões da Fiel não corre risco de morte

Torcedor corintiano esfaqueado no pescoço na Gaviões da Fiel não corre risco de morte

Submetido a cirurgia, o torcedor será avaliado, podendo passar por nova operação, caso necessário.

O torcedor Phelippe Valdevino Minjoni está em estado grave, mas não corre risco de morte, após ser esfaqueado no pescoço na madrugada desta quinta-feira, em frente à sede da Gaviões da Fiel, no bairro Bom Retiro. A informação foi dada pela assessoria da Santa Casa de Misericórdia.

Ele passou por cirurgia na Santa Casa de Misericórdia às 5h45. O caso ainda é apurado pela Polícia Civil, que analisará se de fato um motorista atacou Felipe durante comemoração de torcedores.

Segundo relatos iniciais, Phelippe estaria celebrando o empate do Corinthians contra o Boca Juniors, 1 a 1, quando uma pessoa, ainda não identificada, teria se irritado por supostamente ter tido dificuldade de trafegar com o veículo durante a comemoração de torcedores na via. O torcedor deu entrada no hospital à 0h52.

Submetido a cirurgia, o torcedor será avaliado, podendo passar por nova operação, caso necessário.

A assessoria de comunicação da Polícia Civil informou que aguarda o recebimento do Boletim de Ocorrência para aprofundar a investigação.

Fonte: UOL