Torcedor se irrita ao ver dupla do Fluminense em show

O Fluminense disse que é um direito dos atletas frequentarem locais públicos

Dois jogadores do Fluminense foram vistos na noite da última sexta-feira em uma casa de show na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, em uma apresentação do cantor Leonardo. Um torcedor se revoltou com a presença de Roni e Paulo César e teria discutido principalmente com o atacante.



Em nota, o Fluminense disse que é um direito dos atletas frequentarem locais públicos, mas não recomenda tal atitude pelo momento que vive o Tricolor das Laranjeiras.

Roni foi o alvo do tricolor, que foi contido por Paulo César. Depois um possível convidado da produção do cantor tentou interferir, mas os ânimos continuaram exaltados e a segurança levou o convidado e os jogadores para um local mais reservado. De acordo com uma testemunha não houve agressão.

Confira a nota oficial do clube:

"Todos os atletas, relacionados e não relacionados para a viagem a São Paulo, treinaram normalmente na sexta-feira (09/10), sendo que aqueles que não viajaram, também participaram das atividades programadas para a manhã deste sábado (10/10), da qual também estavam os atletas Paulo César e Roni (não relacionados);

No que se refere especificamente à conduta de ambos, entende a diretoria que, apesar de ser um direito dos atletas frenquentar lugares públicos em seus dias de folga, os mesmos deveriam ter a consciência de que no difícil momento em que clube atravessa no Campeonato Brasileiro, tais condutas devem ser evitadas com o objetivo de preservar a imagem dos profissionais e principalmente da instituição."

A Diretoria

Fonte: g1, www.g1.com.br