Torcedores cogitam protesto contra Adriano na próxima semana

Integrante da Gaviões da Fiel, Leandro, 32 anos, também mostrou-se indignado com a situação de Adriano no clube

A paciência da torcida corintiana sobre Adriano se esgotou. Na noite deste sábado, no Estádio do Pacaembu, antes do compromisso do clube do Parque São Jorge contra o Guarani, pela 13ª rodada do Campeonato Paulista, integrantes de torcidas organizadas da equipe já planejam protestar contra a permanência do atacante, vetado pelo técnico Tite para o compromisso diante dos campineiros em virtude de um desempenho abaixo do esperado nos treinos durante a semana.

"Sempre fomos contra a contratação do Adriano. Agora, dependendo do que acontecer na semana, podemos ir lá protestar sim. A gente pode ir lá dar uma "raspada"", afirmou Marco Antônio, o Capão, 33 anos, diretor da Camisa 12.

Integrante da Gaviões da Fiel, Leandro, 32 anos, também mostrou-se indignado com a situação de Adriano no clube. "Aqui é Corinthians! É maior do que o Adriano. Hoje (sábado) só viemos torcer, não terá protesto", disse, antes de ser acompanhado por colegas de torcida. "Protesto só durante a semana, pode acontecer", gritou um integrante.

Apesar da ideia de protesto para a próxima semana, os torcedores poderão não encontrar pessoas no clube durante os próximos dias. Depois do duelo deste sábado contra o Guarani, o Corinthians embarcará neste domingo para o México, onde enfrentará o Cruz Azul, em confronto válido pela terceira rodada da etapa de grupos da Copa Libertadores. O elenco deve retornar somente na quinta-feira ao País.

Contudo, a insatisfação não se limitou a apenas torcedores organizados. Carlos Alberto, 62 anos, quer a saída do atacante. "Fiquei chateado com ele. É melhor a diretoria dispensar o Adriano, é melhor ele ir embora", opinou o torcedor corintiano.

Apesar da situação difícil dentro do Corinthians, Adriano ainda possui o apoio de alguns torcedores. Geraldo, 37 anos, ainda acredita no atacante vetado para o duelo com o Guarani. "Acho que o Adriano pode se recuperar no Corinthians. Temos que apoiá-lo", disse o corintiano, que verá Willian, Élton e Emerson no ataque da equipe diante do time de Campinas.

Fonte: Terra