Torcedores se despedem de goleiro encontrado morto

A viúva do goleiro, Teresa, estava inconsolável no gramado e chorou muito durante a cerimônia

Os torcedores do Hannover foram ao estádio da equipe e prestaram sua última homenagem ao goleiro Robert Enke, que cometeu suicídio na última terça-feira depois de se jogar em uma ferrovia.

Com milhares de fãs do arqueiro da seleção alemã nas arquibancadas, o corpo do jogador foi velado no meio de campo, rodeado por diversas coroas de flores. Do lado de fora do estádio do Hannover, várias velas foram acesas ao lado de fotos de Enke.

A viúva do goleiro, Teresa, estava inconsolável no gramado e chorou muito durante a cerimônia. Ela teve de ser consolada por uma amiga ao sair do local onde estava o caixão do seu marido.

Teresa declarou na última quarta-feira que Enke sofria de depressão, mas acreditava que ainda tinha a esperança do marido superar a doença. "As fases depressivas eram difíceis, mas já tínhamos passado por fases muito difíceis em Barcelona e Istambul e tínhamos conseguido vencê-las com ajuda do doutor Makser", disse a viúva, em uma entrevista junto com o médico que tratou seu marido, Valentin Makser.

O goleiro rejeitou a possibilidade de se internar para um tratamento mais intenso porque tinha medo de seu caso se tornar público, o que poderia prejudicar sua carreira e lhe custar a custódia de sua filha adotiva Leila, de 8 meses de idade.

Fonte: Terra, www.terra.com.br