Torcida do Botafogo invade treino e pede saída de atletas

Torcida do Botafogo invade treino e pede saída de atletas

Polícia Militar teve de ser acionada para conter os torcedores

Nesta terça-feira (07), a torcida do Botafogo entrou no centro de treinamento do clube para cobrar o elenco do time. De acordo com a assessoria da equipe, o grupo pulou as catracas e saiu trombando com funcionários para entrar no local. Por isso, a Polícia Militar teve de ser acionada.

Os torcedores invadiram General Severiano e pediram para conversar com Antônio Carlos Azeredo, vice-presidente de futebol do clube.

Depois de alguns minutos no campo principal e conversar com o dirigente, os torcedores foram para o gramado alternativo do centro de treinamento, local em que estavam os atletas.

A conversa com atletas aconteceu com Renan Fonseca, Carli e Luis Ricardo. Os membros da organizada pediram as saídas de Dierson, Octavio, Lucas Zen, Lízio e Jean e ainda exigiram que Sidão seja o goleiro titular.

Apesar da abordagem, não houve qualquer tipo de agressão e os torcedores deixaram o local. O Botafogo disse que não liberou a entrada dos torcedores organizados.

Camilo, meia que foi contratado pelo Botafogo para reforçar o clube, teve sua apresentação, que aconteceria nesta terça-feira, adiada.

O Botafogo conquistou quatro pontos em seis partidas no Campeonato Brasileiro. A equipe carioca é lanterna da competição.


Membros de organizada conversaram com Cacá Azeredo, vice de futebol (Crédito: GloboEsporte.com)
Membros de organizada conversaram com Cacá Azeredo, vice de futebol (Crédito: GloboEsporte.com)


Fonte: Com informações do Uol