Torcida do Corinthians quer a saída de Mano Meneses

Um dia depois de a diretoria anunciar a renovação do contrato do treinador

Como prometido, parte da principal organizada do Corinthians esteve no Parque São Jorge na manhã deste sábado para pedir a saída de Mano Menezes do comando do Corinthians. Só que na última sexta-feira, a diretoria de futebol do clube anunciou a renovação do contrato do treinador até dezembro de 2011.

Os cerca de 200 torcedores que estiveram esta manhã no clube se dividiram. A maior parte, é verdade, protestou. Não só por conta da permanência do treinador, mas também por causa do alto valor dos ingressos na Taça Libertadores. O outro grupo, menor, ficou afastado cantando as tradicionais músicas de apoio.

Mas o repertório de cantos contra o treinador foi bem mais extenso: ?Mano c..., pede demissão?, ?Fora do Timão?, ?Mano safado, esquema com empresário?, ?Mano mercenário, só coloca jogador de empresário?, ?Ão, ão, ão, Brasileiro é obrigação?, ?É retranqueiro, é retranqueiro?, entre outros.

O diretor de futebol, um dos principais responsáveis pela permanência de Mano Menezes no comando do Timão, também foi alvo dos torcedores: ?Mário Gobbi, vá se f.., o Corinthians não precisa de você?, ?Mário Gobbi c... pede demissão?. Até mesmo Saulo Magalhães, responsável pela logística do clube, foi atacado.

Enquanto faziam o coletivo comandado pelo criticado Mano Menezes, os jogadores também foram atacados. Não nominalmente, mas de maneira geral. ?Se eu pego na balada, o bicho vai pegar? e ?Ô jogadores, prestem atenção, respeito com o Timão?.

Sem se intimidarem com o outro lado, aqueles que decidiram apoiar não pararam de cantar e algumas vezes até deixavam o outro lado em silêncio.

Por conta da presença desses torcedores no Parque São Jorge, o clube aumentou o efetivo da segurança na manhã deste sábado e chamou a Polícia Militar.

Fonte: Globo Esporte