Torcida do Flamengo hostiliza Mano Menezes após título da Copa do Brasil

Técnico deixou o clube em setembro justamente após uma derrota para o Atlético-PR

Após o título, o desabafo. Com a vitória por 2 a 0 sobre o Atlético-PR na noite desta quarta-feira, o Flamengo se sagrou tricampeão da Copa do Brasil. E em meio a diversas músicas de festejo ao time após o apito final, os torcedores não perderam a oportunidade de hostilizar o técnico Mano Menezes, que pediu demissão do clube em setembro após uma derrota justamente para o Furacão - em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro. Gritos de "Ei, Mano, vai tomar no...", e "Ô Mano, vai se..., o meu Flamengo não precisa de você" ecoaram em alto e bom som no Maracanã.

Naquela época, o Rubro-Negro estava nas quartas de final da Copa do Brasil após eliminar o Cruzeiro, mas vivia um momento irregular no Brasileirão. Depois de abrir 2 a 0 sobre o Atlético-PR no Maracanã, o Fla acabou derrotado por 4 a 2. Mano pediu demissão no vestiário alegando que não conseguiu passar para o grupo aquilo que pensa sobre futebol.

Não foi apenas no Maracanã que os flamenguistas desabafaram contra Mano. Nas redes sociais, também foi grande o número de citações ao treinador. Muitos usaram um texto no Twitter em que ele incluiu o seu comunicado sobre a saída do Flamengo e adicionaram um "obrigado".

O goleiro Felipe relembrou o revés sofrido diante da equipe paranaense pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro e a saída do antigo treinador.

- Primeiro temos que agradecer ao Atlético-PR por estarmos aqui. Foi lá (no jogo contra o Atlético) que tivemos a mudança. Foi ali que a ficha caiu, tinha o Mano, um técnico de nível de Seleção, que foi mandado embora (na verdade, o técnico pediu demissão), e a gente parecia que fazia de conta que não era com a gente. O treinador saía, e nada acontecia. Ali foi a gota d?água. Fizemos uma reunião e colocamos que tínhamos que mudar. E não lembro se são três meses, mas agora estamos comemorando título nacional.

O vice de futebol Wallim Vasconcelos reforçou a opinião do camisa 1 do Fla e comentou sobre o momento da virada rubro-negra na temporada.

- Aquele episódio do Mano foi a virada. Estávamos preocupados com o que poderia ser o fim do ano. O Jayme assumiu com muita competência. Reuniu o grupo, e o mérito é de todo deles. Colocaram na cabeça que são grandes profissionais e ganharam - afirmou o dirigente.

Mano Menezes esteve à frente do Flamengo por três meses. Nesse período, teve apenas 41,2% de aproveitamento no Campeonato Brasileiro - cinco vitórias, seis empates e seis derrotas - e levou o time às quartas de final da Copa do Brasil.


Torcida do Flamengo hostiliza Mano Menezes após título da Copa do Brasil

Torcida do Flamengo hostiliza Mano Menezes após título da Copa do Brasil

Fonte: GloboEsporte