Torcida gremista faz insulto racial contra Elicarlos

O jogador ouviu gritos de macaco vindos da torcida gremista

O volante Elicarlos foi vítima na quinta-feira de algo visto mais em campos europeus nos últimos tempos. O jogador do Cruzeiro sofreu com atos racistas por parte das torcida gremista, no Olímpico, durante a classificação dos mineiros para a decisão da Copa Libertadores.

Aos 19min do segundo tempo, Elicarlos entrou no lugar de Gerson Magrão e ouviu gritos de macaco vindos da torcida gremista, já desiludida pelo placar desfavorável. No entanto, o ato não durou por muito tempo.

Na última semana, em Belo Horizonte, Elicarlos teve seu nome envolvido em outra confusão e o caso foi parar na delegacia. O atacante argentino Máxi Lopes, do Grêmio, foi acusado de injúria racial pelo cruzeirense e ambos prestaram depoimento à polícia, mas ninguém foi indiciado por enquanto.

O Cruzeiro venceu o primeiro jogo por 3 a 1 em Minas gerais e segurou o empate em 2 a 2 no Rio Grande do Sul. Com o resultado, o clube bicampeão em 1976 e 97 irá disputar a final contra o Estudiantes nos dias 8 e 15 de julho. O primeiro jogo será na Argentina e o decisivo no Brasil na semana seguinte.

Fonte: Terra, www.terra.com.br