Treinador implora para ser algemado após ser expulso do campo

Treinador implora para ser algemado após ser expulso do campo

Técnico do Cambé, Walter Knário, protagoniza cena bizarra durante empate sem gols com o PSTC

Técnico reclamar e ser expulso é até fato comum no futebol brasileiro. Agora, treinador ser mandado para o vestiário pelo árbitro e implorar para ser algemado por um policial militar é raro. E isso ocorreu no futebol paranaense. Durante o jogo entre PSTC e Cambé, pela terceira divisão estadual, o comandante do time visitante, Walter Knário, exagerou nas críticas ao trio de arbitragem e foi expulso pelo juiz Nilson Martins ainda no primeiro tempo.

O treinador se recusou a deixar o campo, e o árbitro solicitou a presença da Polícia Militar. Walter Knário, então, implorou para ser algemado. O PM não gostou da atitude dele e, aí sim, quis prendê-lo. Companheiros protestaram e convenceram o policial a não algemá-lo. O técnico não foi detido, mas teve de deixar o banco de reservas.

O jogo, realizado na tarde de sábado, no Estádio Bom Jesus da Lapa, terminou empatado sem gols. O PSTC é o segundo colocado, e Cambé lidera o Grupo B da terceira divisão do Campeonato Paranaense.

Fonte: Globo Esporte