Trulli é pole, Rubinho 6º no Bahrein

É a quarta pole position da carreira de Jarno Trulli e a terceira da história da Toyota

Jarno Trulli foi o mais rápido no treino classificatório e vai largar na pole position do GP do Bahrein, que será disputado neste domingo. O italiano liderou a dobradinha da Toyota, que teve o alemão Timo Glock na segunda posição. Sebastian Vettel, da RBR, vencedor da última corrida, na China, ficou em terceiro, à frente de Jenson Button, líder do campeonato.

É a quarta pole position da carreira de Jarno Trulli e a terceira da história da Toyota. O italiano marcava o primeiro tempo em uma classificação desde o GP dos Estados Unidos de 2005. No entanto, ele não disputou aquela corrida, por causa dos problemas com os pneus Michelin no circuito de Indianápolis. Todos os pilotos da marca deram apenas a volta de apresentação e voltaram aos boxes. Apenas seis carros disputaram aquela prova.

Rubens Barrichello foi o melhor brasileiro no treino classificatório, com a sexta posição. O brasileiro da Brawn GP ficou atrás de Lewis Hamilton, atual campeão mundial, que mostrou a recuperação da McLaren após a adoção de um difusor intermediário. Fernando Alonso, da Renault, passou à superpole e vai largar em sétimo.

Felipe Massa, aniversariante do dia, conseguiu o oitavo tempo com sua Ferrari. O brasileiro, que completa 28 anos, ficou duas posições à frente de Kimi Raikkonen, seu companheiro de equipe. Eles foram separados pelo alemão Nico Rosberg, da Williams, que larga em nono neste domingo em Sakhir.

NELSINHO É SUPERADO POR ALONSO PELA 22ª VEZ

Nelsinho Piquet, mais uma vez, foi superado por Fernando Alonso pela 22ª vez em 22 treinos classificatórios. O brasileiro da Renault, pelo menos, avançou à segunda parte (Q2), mas vai largar apenas em 15º lugar. Heikki Kovalainen, da McLaren, também caiu neste trecho e sai na 11ª posição do grid.

A BMW Sauber continua a decepcionar, com seus dois carros eliminados na segunda parte do treino classificatório. Robert Kubica, usando pela primeira vez o Sistema de Recuperação de Energia Cinética (Kers) em uma corrida, vai largar apenas em 13º, uma posição à frente de Nick Heidfeld, seu companheiro de equipe.

A primeira parte do treino classificatório, conhecida como Q1, não teve grandes surpresas. O único dos carros de ponta eliminado foi Mark Webber, da RBR, atrapalhado pelo alemão Adrian Sutil, da Force India, no fim de sua volta rápida, a um minuto do fim do trecho. Após o treino, ele pediu desculpas ao australiano nos boxes da equipe austríaca.

Sebastien Buemi e Sebastien Bourdais, a dupla da STR, caiu fora ainda no início. O suíço ainda conseguiu um resultado melhor, mas nada animador, com a 17ª posição. O francês, em seu segundo ano na equipe, ficou apenas em último, o que deve despertar novos rumores sobre sua saída da STR.

Fonte: GloboEspote, www.globoesporte.com