Túlio passa em branco no primeiro amistoso em busca do milésimo gol

Túlio Maravilha, do Botafogo, reclama durante a partida contra o Boavista

A torcida implorou até pênalti para os zagueiros rivais, xingou o juiz e os próprios jogadores do Botafogo Sub-23, mas a estreia do projeto do milésimo gol de Túlio Maravilha com a camisa do time de General Severiano começou sem bola na rede do camisa 7 no amistoso vencido por 1 a 0 pelo Boavista, time da primeira divisão do Campeonato Carioca, neste sábado, no Engenhão. Assim, ainda faltam sete para que o jogador realize o sonho de atingir os mil gols.

O calor sufocante de mais de 40ºC fez com que pouco mais de 100 corajosas testemunhas estivessem no estádio quando Túlio Maravilha entrou no gramado, cercado por algumas crianças. A praia foi o principal concorrente ao programa do "gol 1000". O clima era de jogo de várzea, com pedidos ao árbitro para "dar um penaltizinho e ajudar o Túlio", e recados para o ídolo botafoguense "ficar na sombra", respondidos com um sinal positivo pelo ídolo. Só a escalação do time da casa foi citada pelo telão.

Em campo, os dois times sofreram muito com a temperatura elevada, tornando o jogo lento e cheio de passes errados. Túlio Maravilha até se movimentou, chegou a levantar a torcida ao driblar um jogador e teve grande chance no final do segundo tempo, quando ficou na cara do gol, mas acabou chutando em cima do goleiro adversário. Se faltaram os gols, sobrou simpatia do atacante, acenando sempre para os presentes nas arquibancadas quando tinha seu nome gritado.

No segundo tempo, quando o Boavista já vencia por 1 a 0, gol de Léo Faria, a torcida botafoguense se voltou contra os próprios jogadores da equipe. As substituições do meia Nathan e do atacante Tellechea foram comemoradas como um gol. A cada cruzamento ou passe errado para Túlio na grande área, vaias para os jogadores do Sub-23.

Em entrevista exclusiva ao UOL Esporte, Túlio prometeu balançar as redes na estreia e disse que levaria cinco jogos para marcar o milésimo. A nova tentativa de Túlio Maravilha em chegar ao milésimo acontece no próximo sábado, quando o time sub-23 do Botafogo enfrentará um selecionado local de Cachoeira do Itapemirim, no Espírito Santo.

Fonte: UOL