TV Globo desiste de achar novo locutor para substituir Galvão

Galvão afirmou que vai se aposentar depois da Copa do Brasil.

Foram quase dois anos promovendo oficinas de locutores, enviando olheiros a afiliadas e concorrentes e até estimulando alguns programas a ter um quadro em que os telespectadores narrassem seus gols preferidos e enviassem para a produção. O motivo de todo esse trabalhão atende pelo nome de Galvão Bueno. Dentro de dois anos Galvão deve se aposentar da Globo. Emissora prevenida que é, a Globo há mais de dois anos corre atrás de uma nova voz, de um novo talento que, talvez, pudesse substituir o carisma e a afinidade que Galvão tem com o telespectador.


TV Globo desiste de achar novo locutor para substituir Galvão

Galvão é alvo de chacotas e críticas quase que só no Sudeste, ou entre parte da mídia ou ainda para telespectadores que abominam seu ufanismo e trejeitos narrativos. No entanto, pesquisas internas qualitativas feitas na Globo apontam-no como locutor mais querido do país --inclusive e especialmente pelas mulheres (algumas chegam a afirmar que só entendem futebol quando ele, Galvão, está narrando).

Na última Olimpíada de Londres na qual ele viajou apenas dar o ar de sua graça, uma vez que a Globo não tinha os direitos de transmissão, a emissora chegou a escalar uma espécie de "concierge", motorista e "mordomo" exclusivo para o locutor ter mais conforto em Londres.

Fonte: Folha.com