UFC vê seu público minguar após Globo começar transmissão

Uma das hipóteses levantadas por profissionais ligados ao esporte é que a transmissão pela TV Globo pode ter acomodado o público.

O UFC, principal evento da luta MMA (em português, artes marciais mistas), conhecida como "vale-tudo", já não vende como antigamente. Em sua segunda edição no Brasil --o UFC 142--, que acontecerá no próximo dia 14, no Rio de Janeiro, ainda havia oferta de ingressos, ontem, em dois setores.



Na primeira luta, em agosto de 2011, as 16.572 entradas esgotaram no primeiro dia, em menos de duas horas. Desta vez, com as vendas abertas há 24 dias (desde dezembro) e preços iguais aos de 2011 (de R$ 275 a R$ 1.600), havia até ontem bilhetes das cadeiras especiais da arena em que se realizará a luta. Preço: R$ 1.000.

Uma das hipóteses levantadas por profissionais ligados ao esporte é que a transmissão pela TV Globo pode ter acomodado o público. Outro fato é que a luta anterior teve Anderson Silva. Ele é o mais popular lutador brasileiro de MMA. No meio deste ano, deve enfrentar o adversário Chael Sonnen em pleno estádio do Morumbi.

O UFC 142 terá a participação do meio-pesado Vitor Belfort --enfrentará Anthony Johnson-- e do campeão José Aldo, que defenderá o cinturão dos pesos-penas, contra Chad Mendes.

Além do UFC 142, o Brasil receberá mais dois eventos em 2012, todos com transmissão ao vivo pela TV Globo.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br