Ultimato da Ferrari a Massa agita a Fórmula 1

Massa terá de mostrar mais trabalho em 2011

Um ultimato dado pelo chefe de equipe da Ferarri, Stefano Domenicali, ao brasileiro Felipe Massa agitou o começo de férias Fórmula 1. O dirigente disse, em entrevista publicada pelo Corriere della Sera na última sexta-feira, que o piloto precisa mostrar resultados para permanecer na escuderia em 2012.

"Se um piloto não traz resultados é inevitável que sofra algumas consequências, por isso o próximo ano é fundamental para Massa, como piloto e homem da Ferrari", disse.

A declaração coloca mais pressão em cima do brasileiro, que teve uma temporada para esquecer em 2010. Apesar de seu companheiro, o espanhol Fernando Alonso, não ter conquistado o título, o bicampeão deu um banho no brasileiro quanto a resultados e terminou o ano com o vice-campeonato. Massa foi sexto.

O ultimato sacode um começo de pré-temporada morno na Fórmula 1. As principais equipes já têm seus pilotos definidos para 2011 e as especulações envolvem apenas escuderias de pequeno porte e pilotos que não brigam pelas primeiras posições.

A declaração de Domenicali abre espaço para especulações sobre um possível substituto de Massa em 2012. O polonês Robert Kubica é um dos mais cotados.

Fonte: Terra, www.terra.com.br