União contraria Dilma Rousseff e desembolsa R$ 1,2 bi em estádios

União contraria Dilma Rousseff e desembolsa R$ 1,2 bi em estádios

Apesar de a presidente Dilma Rousseff dizer que não existe dinheiro público investido na Copa do Mundo, a grana está saindo dos cofres do governo.

Apesar de a presidente Dilma Rousseff dizer que não existe dinheiro público investido na Copa do Mundo, a grana está saindo dos cofres do governo. Somando gastos com isenção de impostos, incentivos e empréstimos, por exemplo, os gastos com estádios chegam a R$ 1,1 bilhão.

Neste total estão os empréstimos do BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento) para as obras de estádios e melhorias em outros setores. OS montantes concedidos tiveram juros bem abaixo do valor normal e o dinheiro que o banco deixou de ganhar é de R$ 189 milhões, segundo cálculo do Tribunal de Contas da União.

Também segundo o TCU, o valor da isenção de impostos concedida pelo governo federal às construtoras privadas, responsáveis pelas obras, chega a R$ 329 milhões. Estas quantias, por exemplo,  poderiam ser usadas para a execução de outros projetos federais.

Fonte: r7