Vaiado, Renato Gaúcho se desculpa na chegada ao Bahia

Renato está muito motivado para o seu primeiro desafio como treinador fora do Rio de Janeiro

Sob vaias de uma parte da torcida que ainda não digeriu a declaração dada em 1989 dizendo que a Bahia era uma "terra de índios", Renato Gaúcho foi apresentado na noite da última quinta-feira como novo treinador do Bahia. A cerimônia aconteceu junto com a inauguração da loja oficial dos produtos do clube.

"Essa confusão com o torcedor baiano é uma coisa de 20 anos atrás. Errei, como qualquer um. De cabeça quente você acaba falando certas coisas que depois se arrepende. Peço desculpas. O importante é que tive várias propostas do Brasil e do exterior e estou aqui", desculpou-se o treinador.

Renato está muito motivado para o seu primeiro desafio como treinador fora do Rio de Janeiro. Para isso, ele projeta atingir o primeiro objetivo no fim de 2010: a volta à Série A do Brasileiro. Claro, se no meio do caminho surgir um título estadual em cima do rival, Renato não vai desperdiçar a chance.

"Estou muito feliz de ter acertado com o Bahia, me sentindo como uma criança. Até porque fiquei conversando com o presidente durante uma semana e sabia que era a hora de sair do Rio para um grande clube. Espero dar continuidade ao trabalho que realizei na minha primeira passagem pelo Vasco e também no Fluminense", disse Renato, muito animado.

Conhecido pela língua afiada, o técnico agora terá de se preocupar em recuperar o espaço perdido após os últimos fracassos que teve em sua segunda passagem tanto pelo Vasco (acabou rebaixado) quanto pelo Fluminense. Nesta sexta-feira Renato se reúne com a diretoria do Bahia, para avaliar as contratações que vão ser feitas pelo clube. "Iremos trazer jogadores de qualidades e comprometidos com o projeto do Bahia", finalizou o novo comandante do clube baiano.

Fonte: Terra, www.terra.com.br