Valdivia sobre clássico: "tem de jogar até manco"

De volta, o camisa 10 está praticamente confirmado na equipe que enfrenta o Corinthians no clássico do próximo domingo.

Para a surpresa de todos, o meia Valdivia apareceu no time titular do Palmeiras na partida contra o Universitário de Sucre, na noite desta quarta-feira, na Arena Barueri. O chileno, que havia sentido a coxa esquerda na Bolívia e tinha uma previsão de 15 dias para a volta, se recuperou rapidamente e foi escalado pelo técnico Luiz Felipe Scolari.

De volta, o camisa 10 está praticamente confirmado na equipe que enfrenta o Corinthians no clássico do próximo domingo, no Pacaembu. Ele admitiu que o clássico paulista é especial e que vale um sacrifício para estar em campo.

"Não é só para mim. Mas todo mundo que é palmeirense quer o clássico. Você tem de jogar até manco, com dor, machucado. Para domingo é esperar. Tenho de recuperar, são poucos dias. A vontade está lá em cima. Depende do Felipão agora", disse Valdivia, após a partida na Arena Barueri.

O chileno explicou que, apesar do diagnóstico inicial apontar uma lesão mais complicada, o "estouro" que teve na coxa esquerda na Bolívia foi apenas uma fibrose. O departamento médico alviverde tratou e a sua recuperação foi mais rápida que o esperado.

"Não sou superherói. O departamento médico foi bem. Eu me preocupei em tratar e acabei recuperando rápido uma lesão que não foi muito grave, mas merecia um cuidado particular. Os médicos estavam com medo de abrir de novo. Tinha uma fibrose, os doutores sabem definir melhor. Joguei com dor, mas ninguém pode falar que nunca jogou com dor", admitiu.

Fonte: Terra