Vasco empata com São Paulo e cai para segundo lugar

Vasco empata com São Paulo e cai para segundo lugar

O Vasco, agora segundo colocado, tem 58 pontos - os corintianos também têm 58, mas lideram

Substituto de Rogério Ceni, Denis foi o principal personagem e, com pelo menos dois milagres, segurou o Vasco em São Januário e garantiu empate para o São Paulo, neste domingo. Especialmente na segunda etapa, o goleiro apareceu com intervenções importantes e segurou um 0 a 0 que, somado à vitória do Corinthians, tirou a liderança dos vascaínos.

O Vasco, agora segundo colocado, tem 58 pontos - os corintianos também têm 58, mas lideram com uma vitória a mais. O São Paulo, com 50 pontos, segue em sexto mas precisa torcer contra vitória do Internacional, em Goiânia, diante do Atlético-GO. O Figueirense também chegou a 50, mas é sétimo.

Em busca novamente da primeira posição, o Vasco volta a jogar no próximo domingo e contra outro time paulista: o Santos, na Vila Belmiro, às 17h (de Brasília). No sábado, o São Paulo também viaja atrás de uma vitória e pega o Bahia, em Salvador, às 19h.

Vasco para nas mãos de Denis

Líder do Campeonato Brasileiro, o Vasco precisou administrar desfalques importantes de Fagner e Diego Souza, que levaram o terceiro cartão amarelo diante do Bahia. Cristóvão Borges, que havia indicado Bernardo para o time titular, adotou formação cautelosa com Fellipe Bastos. Allan, que fazia parte do primeiro time na Copa do Brasil, também foi escalado.

Em seu retorno ao São Paulo, Emerson Leão resolveu, após reestrear com derrota, adotar uma tática que deu sucesso em outros tempos. Assim sendo, a equipe são-paulina jogou com três zagueiros: João Filipe, Xandão e Rhodolfo. Quem também ganhou chance foi Willian José, lançado por conta da suspensão de Dagoberto e a lesão de Luís Fabiano. Rogério Ceni, machucado, também não jogou.

Bem fechado e com chegada forte à frente, o São Paulo equilibrou as ações e até ameaçou Fernando Prass. Já aos 2min, Carlinhos Paraíba acertou chute de fora da área e exigiu trabalho do goleiro vascaíno. O Vasco reagiu com Juninho Pernambucano, que bateu da entrada da área e parou em Denis.

A primeira etapa ainda teria dois momentos agudos. Willian José, único atacante de ofício do São Paulo, acertou um petardo, mas Fernando Prass pegou. Elton, na melhor chegada do vasco, recebeu na grande área, girou sobre a marcação e bateu rente à trave.

O Vasco voltou do intervalo mais disposto na procura pela vitória e, já com 4min, Allan disparou pela direita, invadiu a área e finalizou com violência em cima de Denis. O goleiro são-paulino reapareceu com mais duas grandes defesas: aos 29min e aos 30min, ele fez milagres em cabeçadas de Elton e Dedé.

Emerson Leão tentou renovar o fôlego de seu time e promoveu três trocas na frente, com Rivaldo, Cañete e Henrique, mas o São Paulo terminou a partida fechado atrás. Denis reapareceu com mais uma ótima defesa em chute violento de Nílton, naquela que foi a última chance boa do Vasco, agora segundo colocado.

Ficha técnica

VASCO 0 x 0 SÃO PAULO

VASCO: Fernando Prass; Allan, Dedé, Renato Silva e Felipe (Douglas); Rômulo, Fellipe Bastos, Jumar (Bernardo) e Juninho (Nílton); Eder Luís e Elton

Treinador: Cristóvão Borges

SÃO PAULO: Denis; João Filipe, Xandão e Rhodolfo; Piris, Wellington, Carlinhos Paraíba e Juan; Lucas (Henrique) e Marlos (Cañete); Willian José (Rivaldo)

Treinador: Emerson Leão

Cartões amarelos

VASCO: Allan

SÃO PAULO: Xandão, Wellington, Henrique

Árbitro

Ricardo Marques Ribeiro (MG)

Local

Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Fonte: Terra