Semi: Vasco enfrenta amanhã os chilenos pela Copa Sul-Americana

O Vasco enfrenta a Universidad de Chile nesta quarta-feira, em São Januário, pelo jogo de ida das semifinais da Copa Sul-Americana


Vasco jamais perdeu para uma equipe chilena jogando no estádio de São Januário

O Vasco enfrenta a Universidad de Chile nesta quarta-feira, em São Januário, pelo jogo de ida das semifinais da Copa Sul-Americana. Embora tenha pela frente o time que é considerado um dos melhores - ou o melhor - da América do Sul, os números do confronto contra times chilenos jogando na Colina Histórica são amplamente favoráveis ao Gigante: jamais um time chileno se impôs contra os cruzmaltinos jogando fora de casa.

A história registra cinco jogos contra equipes chilenas em São Januário, com quatro vitórias e um empate. Este, aliás, ocorreu no primeiro jogo nos domínios vascaínos: na Libertadores de 1990, Vasco e Colo-Colo não saíram do 0 a 0.

Três anos depois, nova visita do Colo-Colo à Colina Histórica e, desta vez, vitória vascaína: 2 a 0, pela Copa Conmebol. As outras três vitórias aconteceram nos anos de 1998 (1 a 0 sobre a Universidad Católica) e 2001, em duas oportunidades: 1 a 0 sobre o Deportes Concepción e 2 a 1 sobre a Universidad Católica.

Contra o adversário desta quarta, a história registra apenas uma partida, sem vencedores. em 14 de abril de 1963, as duas equipes se enfrentaram em território chileno e o jogo terminou empatado em 2 a 2.

O Vasco é o único clube do Brasil que terá pelo menos quatro jogos até o fim do ano. A eqiupe cruzmaltina disputa o título do Campeonato Brasileiro, com Corinthians e Fluminense, e a Copa Sul-Americana. Se nesta quarta, o foco é no Universidad do Chile, no fim de semana, a equipe do técnico Cristovão Borges tem um confronto direto contra o Fluminense pela competição nacional.

O time de São Januário pode ter que disputar mais dois jogos caso mantenha o retrospecto de não perder para chilenos. Além dos clássicos contra Fluminense e Flamengo, pelo Brasileiro, e da semifinal contra o Universidad do Chile, o Vasco teria que disputar a final da Sul-Americana em jogos de ida e volta, totalizando seis partidas. Corinthians e Fluminense, que brigam pelo título nacional, só entrarão em campo mais duas vezes até o fim do ano, pois não disputam o torneio internacional.

Fonte: uol.com