Vasco nega polêmica: Jogador Juninho foi liberado por cansaço

O dirigente destacou que o jogador foi liberado pela comissão técnica apenas por uma questão de cansaço muscular.

Diante da informação de que Juninho teria ficado insatisfeito com a reserva e também com o retorno da delegação do Vasco ao Rio de Janeiro de ônibus, o diretor executivo de futebol do clube, Daniel Freitas, negou as duas situações e evitou qualquer tipo de polêmica. O dirigente destacou que o jogador foi liberado pela comissão técnica apenas por uma questão de cansaço muscular.


Vasco nega polêmica e diz que Juninho foi liberado por cansaço

"A verdade dos fatos é que Juninho foi dispensado desta partida por uma questão física, nada mais. Conversamos com ele, que dizia estar cansado, e achamos melhor que o jogador voltasse ao Rio de Janeiro para repousar e fazer um trabalho de recuperação muscular", frisou Daniel, explicando ainda a situação envolvendo o retorno ao Rio de Janeiro de ônibus.

"Os jogadores poderiam voltar de ônibus no sábado apenas por uma questão de aproveitar ainda mais a folga. Como só tínhamos passagem aérea para o domingo, arranjamos essa solução. Todos foram informados anteriormente, sem nenhum problema", ressaltou o dirigente vascaíno em entrevista ao UOL Esporte.

Tão logo chegou ao Rio de Janeiro, Juninho já participou de uma atividade na manhã deste sábado, em São Januário. O jogador realizou um treinamento regenerativo específico para aprimorar as condições físicas. Em seguida, ele fez um tratamento para curar feridas nas costas e no quadril em função de um carrinho dado na partida contra o Grêmio.

Além de Juninho, o Vasco não terá Thiago Feltri, Rômulo e Felipe para a próxima partida. Enquanto o lateral esquerdo sofre com incômodos musculares, o volante está com a seleção brasileira para uma série de amistosos na Europa e o meia cumpre suspensão referente aos últimos jogos do Brasileiro de 2011.

Eliminado da Copa Libertadores e sem compromisso nos próximos dias, os jogadores do Vasco terão três dias de folga após o jogo deste sábado. O cruzmaltino encara a Portuguesa no Canindé, às 18h30, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Com uma vitória na primeira partida, o time de São Januário busca manter os 100% de aproveitamento na competição.

Fonte: UOL