Vasco perde por 3 a 1 para o Aurora pela Sul-Americana

O Vasco sofreu com o desentrosamento entre os jogadores


Vasco perde por 3 a 1 para o Aurora pela Sul-Americana

Em jogo válido pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana, o Vasco perdeu por 3 a 1 para o Aurora-BOL. Jogando em Cochabamba, cidade com 2600 m de altitude, o Vasco conseguiu abrir o placar, mas levou três gols no segundo tempo e foi derrotado.

O início do jogo não saiu do roteiro já esperado. O Vasco sofreu com o desentrosamento entre os jogadores, a velocidade da bola e a pressão do time local. Nervosos, Bernardo e Fellipe Bastos discutiram entre si, mas não foram punidos.

Entretanto, no decorrer do primeiro tempo a situação foi controlada e o Vasco teve as melhores chances. Aos 28min, Bernardo cobrou falta, e com ajuda da altitude, assustou o goleiro Lanz. Sete minutos depois, Patric entrou na área e chutou cruzado, para nova defesa desajeitada do goleiro argentino.

E foi ele o principal responsável pelo gol do Vasco. Aos 40min, o lateral Fagner lançou para o ataque, o goleiro se enganou com o quique da bola e foi encoberto. Lanz ainda se recuperou e salvou em cima da linha, mas a bola sobrou para Bernardo, que só empurrou para a rede, abrindo o placar.

Na volta do intervalo o time boliviano partiu para cima. Aos 3min, o zagueiro Peña cobrou falta e Prass espalmou para escanteio. Um minuto depois, em confusão na área, a bola sobrou para o atacante Villalba, que errou o chute, mas acabou marcando o gol de empate.

O Vasco fez uma pressão e quase empatou. Na chance mais clara, o goleiro Lanz fez bela defesa em chute de Fellipe Bastos. A punição veio aos 12min: Villalba desviou lançamento do campo de defesa e Andaveris, sozinho, chutou cruzado de esquerda, virando o jogo. Atrás no placar, o clube carioca tentou diminuir o prejuízo, mas o goleiro rival se redimiu da falha no primeiro tempo e fechou o gol.

A situação, que já estava ruim, só piorou quando Nilton falhou na entrada da área e o atacante Reinoso aproveitou para ampliar o marcador, aos 28min da etapa complementar.

Com a derrota, o Vasco precisa vencer a partida de volta, que será realizada no dia 26 de outubro, por no mínimo 2 a 0. Caso o clube carioca vença por 3 a 1, a classificação será definida nos pênaltis.

Ficha técnica

AURORA-BOL 3 x 1 VASCO

Gols

AURORA:

Villalba, aos 4min, Andaveris aos 12min e Reinoso aos 28min do segundo tempo

VASCO:

Bernardo, aos 40min do primeiro tempo

AURORA: Lanz; Peña, Edward Zenteno, Barba; Huayuata, Segovia, Edson Zenteno, Sanjurjo, Galindo (Andaveris); Reinoso (Darwin Peña) e Villalba

Treinador: Julio César Baldivieso

VASCO: Fernando Prass; Fagner, Douglas, Nilton, Julinho (Márcio Careca); Diego Rosa, Fellipe Bastos, Jonathan (Allan) e Bernardo; Leandro e Patric

Treinador: Cristóvão Borges

Cartões amarelos

AURORA: Sanjurjo, Edward Zenteno, Andaveris e Villalba (2x, expulso)

VASCO: Nilton e Fagner

Árbitro

Georges Buckley (Peru)

Local

Estádio Félix Capriles, em Cochabamba (BOL)

Fonte: Terra