Vasco poderá ter renda do clássico contra o Flamengo penhorada

O Vasco, entretanto, contesta esta penhora da renda

A situação financeira está longe de ser das melhores. Aliás, o clube sofre para poder pagar os salários dos seus funcionários, incluindo os jogadores. Para piorar a vida cruzmaltina, a renda do clássico contra o Flamengo, no domingo, às 16h, no Maracanã, pela semifinal da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Estadual, poderá ser penhorada.

Segundo apurou a reportagem do UOL Esporte, o valor estaria girando em torno de R$ 4,5 milhões e seria para pagar três jogadores: Edmundo (R$ 2,5 milhões), Euller (R$ 1,5 milhão) e Donizete Pantera (R$ 500 mil).

O Vasco, entretanto, contesta esta penhora da renda, segundo o vice-jurídico do clube, Nelson de Almeida, informou ao UOL Esporte.

?Em função de um compromisso assinado pelo Vasco e outros clubes também, não existe mais penhora separada. Não sei até que ponto isso é verdade. De qualquer maneira, vou conversar com o escritório contratado pelo Vasco para analisarmos esta situação. Mas isso é comum em vésperas de grandes jogos e nada vai nos abalar?, salientou.

Caso o Vasco tenha mesmo sua renda penhorada e o valor de R$ 4,5 milhões não seja quitado no domingo, o clube continuará tendo suas rendas penhoradas nos jogos seguintes, o que poderá acontecer numa final de Taça Rio e nas decisões do Campeonato Estadual.

Fonte: UOL