Vasco vê o silêncio de Juninho como bom sinal para permanecer

Vasco vê o silêncio de Juninho como bom sinal para permanecer

A intenção é deixar o jogador que completa 39 anos em janeiro decidir seu futuro com o máximo possível de tranquilidade.

Por conta de uma lesão, Juninho Pernambucano ficou afastado das últimas partidas do Campeonato Brasileiro e esteve ausente dos últimos capítulos do rebaixamento do Vasco. O ídolo deixou no ar a ideia de se aposentar ao fim da atual temporada, mas até o momento ninguém do clube cruz-maltino tem noção se ele já tomou sua decisão. No entanto, a diretoria garante que não vai cobrar um posicionamento de seu ídolo. A intenção é deixar o jogador que completa 39 anos em janeiro decidir seu futuro com o máximo possível de tranquilidade.

O clima é de otimismo em relação à permanência de Juninho. Em São Januário, há quem diga que se desejasse parar, ele já teria comunicado ao Vasco. Atualmente o Reizinho está fora do Rio de Janeiro aproveitando as férias com a família e tomando a decisão de prosseguir, ou não, a carreira.

- Ainda não houve qualquer conversa com o Juninho. Ele sofreu uma lesão importante neste fim de ano, e acho que a decisão de acordo com o processo de recuperação. Agora ele está viajando com a família, descansando, e nós não temos pressa. Mas não é segredo para ninguém que gostaríamos que ele ficasse - afirmou Ricardo Gomes, diretor de futebol do Vasco.

No início da próxima semana poderá haver novidades em relação ao caso, já que o empresário de Juninho retorna ao Brasil após viagem à Europa. Pode ser que haja uma conversa sobre o assunto, embora primeiro tenha que haver a decisão do ídolo cruz-maltino.

Juninho sofreu uma grave lesão muscular no dia 10 de novembro, ainda no primeiro tempo da partida contra o Santos, no Maracanã. De acordo com o departamento médico do Vasco, o jogador levará cerca de três meses para se recuperar totalmente.

Fonte: GloboEsporte