Veja os atacantes que podem substituir Love

Veja os atacantes que podem substituir Love

Sem clube, Kléber Pereira é a melhor alternativa; veja quem pode reforçar o Verdão

O Palmeiras corre para contratar um centroavante habilidoso, mas as opções disponíveis são raras. Kléber Pereira, ex-Santos, é a alternativa mais óbvia. O atacante está sem clube desde o início do ano e é um dos maiores artilheiros em atividade do futebol brasileiro.

O atacante Robert, atual titular do Palmeiras após a saída de Vagner Love, rejeitou a camisa 9 (geralmente dada ao principal atacante do time) e admitiu que faltam nomes para o clube contratar. Apesar de procurar um artilheiro, o alviverde fez 5 a 1 no Mogi Mirim na estreia do Campeonato Paulista.

O R7 alivia a procura do Palmeiras e aponta jogadores que podem brilhar no ataque alviverde, com opções caras do exterior para atrair investimentos de marketing (chamado no rival Corinthians de ?efeito Ronaldo?).

Em solo brasileiro

Kléber Pereira - no ano passado, o Palmeiras ofereceu um pacote de jogadores (entre eles, Lenny, Deivid Saconi e Wendel) ao Santos em troca do artilheiro, mas o time da Vila Belmiro recusou. Agora, o atacante está sem clube e já foi elogiado por Muricy. Porém, o clube descarta contratar o jogador.

Fernandão ? infeliz no Goiás, é desejado pelo São Paulo. Porém, o Palmeiras pode furar o Tricolor e acertar com o atacante, que já trabalhou com Muricy no Internacional.

Elton ? destaque no Vasco no ano passado, o jogador não foi negociado com o futebol estrangeiro e voltou ao São Caetano. O time carioca quer a volta do atacante, o que pode complicar a negociação. É uma opção para o Palmeiras ?formar? um novo ídolo.

?Estrangeiros?

Keirrison ? indesejado pela torcida do Palmeiras após sua saída melancólica em 2009, o jogador amarga má fase no Benfica (Portugal). O clube já foi apontado como reforço de outras equipes, como o Santos. Repatriar o atacante pode ajudá-lo a se redimir com os palmeirenses, além de preencher o buraco no ataque do clube.

Rafael Sóbis ? sucesso no Internacional entre 2004 e 2006, está escondido nos Emirados Árabes. Seu clube, o Al-Jazira, não quer negociar o jogador. Um acordo para valorizá-lo no futebol brasileiro, de olho em uma vaga na Copa do Mundo, ainda pode trazê-lo de volta ao país.

Ricardo Oliveira ? destaque no Santos e no São Paulo, o jogador ?deu azar? ao ir para times espanhóis em crise (Real Betis e Zaragoza). Sua passagem pelo Milan foi apagada e atualmente é companheiro de Sóbis no Al-Jazira, do futebol árabe. Um novo retorno do jogador ao Brasil pode recolocá-lo entre os principais atacantes do país nos últimos anos.

Brandão ? o Palmeiras tentou trazê-lo no ano passado, mas o atacante acabou no Olympique de Marselha, da França. O time foi eliminado da Liga dos Campeões da Uefa, mas ainda disputa a Liga Europa, o que dificulta sua vinda.

Nuno Gomes ? o atacante português foi sondado pelo Santos e até para reforçar o time de Felipão, no Uzbequistão. Encostado no Benfica (o mesmo de Keirrison), é figura frequente nas convocações da seleção portuguesa e pode recuperar a boa forma em terras brasileiras.

Puro marketing

Robinho ? a ida para o Barcelona não vingou e foi intimado a ?começar a jogar? pelo técnico do Manchester City. Querido de Dunga, tem a chance de reconquistar o torcedor brasileiro se voltar ao país. Porém, sua chegada ao Palmeiras só seria possível com ajuda de patrocinadores (o Barcelona teria que pagar cerca de R$ 100 milhões para comprá-lo).

Júlio Baptista ? originalmente volante, o coringa da seleção de Dunga foi sucesso como atacante no Sevilla entre 2003 e 2005. Apesar das oscilações na Roma, esteve perto de ir para a Inter de Milão, mas a proposta de cerca de R$ 8 milhões foi recusada. Retornar ao Brasil é a chance de confirmá-lo na equipe que vai à Copa.

Vieri ? com duas Copas do Mundo na bagagem, o veterano centroavante italiano está sem clube. O jogador estava acertado para reforçar o Botafogo de Riberão Preto neste ano, mas a negociação não vingou. Amigo de Ronaldo, Vieri poderia ir para arquirrival corintiano para animar o Paulistão e o Brasileirão (e curtir a boa vida de galã estrangeiro no Brasil).

Fonte: R7, www.r7.com