Verdão tem condição de lutar por vaga na Libertadores, diz Felipão

té agora, foram registrados três empates (Cruzeiro, Atlético-PR e Avaí) e duas derrotas (Internacional e Botafogo)

Apesar dos jogadores do Palmeiras terem mostrado desânimo após o empate por 1 a 1 com o Avaí, o técnico Luiz Felipe Scolari mantém o otimismo e deixa claro: se acabar com os deslizes cometidos em algumas partidas, o time vai brigar até o fim do campeonato por uma das vagas na Taça Libertadores da América.

- Estamos no bolo. Hoje, estamos três ou quatro pontos atrás do grupo da Libertadores. É uma ou outra situação que tem nos atrapalhado. Vamos continuar trabalhando para corrigir os erros e acredito que vamos brigar com os adversários até o final ? ressaltou o treinador palmeirense, que se enganou na matemática.



Com o empate no estádio da Ressacada, o sétimo em jogos disputados longe de São Paulo, o Palmeiras fechou a quinta rodada do returno na oitava colocação, com 35 pontos, dois a menos que o Fluminense, que hoje seria o último clube a entrar na competição sul-americana em 2012.

Para sonhar com voos mais altos na competição, o Verdão precisa primeiro voltar a vencer, o que ainda não aconteceu no segundo turno do Campeonato Brasileiro. Até agora, foram registrados três empates (Cruzeiro, Atlético-PR e Avaí) e duas derrotas (Internacional e Botafogo). O time voltará a campo nesta quinta-feira, para enfrentar o Ceará, no Canindé.

Para essa partida, o treinador ganhará os reforços do lateral-esquerdo Gabriel Silva e do meia Patrik, que cumpriram suspensão diante do Avaí. Em compensação, Rivaldo e Gerley, expulsos, não terão condições de jogo, assim como Valdivia, Cicinho e Dinei, entregues ao departamento médico.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com