Vettel vence e se isola na ponta; Massa é 5º à frente de Alonso

Vettel vence e se isola na ponta; Massa é 5º à frente de Alonso

Entre os brasileiros, uma corrida caótica que encerrou um fim de semana de problemas

Em mais uma apresentação tranquila, o alemão Sebastian Vettel venceu neste domingo o Grande Prêmio da Malásia de Fórmula 1. O piloto da Red Bull saiu da pole position e praticamente não perdeu a posição ao longo das 56 voltas da corrida, chegando à frente de Jenson Button e Nick Heidfeld.

Vettel só teve o primeiro lugar desafiado nas paradas nos boxes - e mesmo assim, por pouco tempo. Assim, confirmou o favoritismo e se isolou na liderança do campeonato com 50 pontos em duas corridas - Button, vice-líder, soma 26 após a segunda colocação em Sepang. Lewis Hamilton é terceiro, com 24.

Entre os brasileiros, uma corrida caótica que encerrou um fim de semana de problemas. Rubens Barrichello abandonou prematuramente a prova, depois de um pneu furado e de problemas no câmbio da Williams. Já Felipe Massa largou bem, mas teve problemas nos boxes e uma queda de rendimento no fim, mas que ainda deu a ele o quinto lugar.

O fim de semana ainda reforçou a positiva imagem deixada pela Lotus Renault na primeira etapa da temporada, na Austrália. Depois do pódio de Vitaly Petrov (que abandonou com um acidente no fim em Sepang), o time preto e dourado voltou a conquistar um terceiro lugar, graças a uma apresentação consistente de Heidfeld.

Logo na largada, Vettel se manteve na frente. O alemão da Lotus Renault, que largava na sexta posição, saltou para o segundo posto, seguido de Hamilton, Button, Petrov, Massa, Fernando Alonso e Michael Schumacher. Mark Webber, que largara do terceiro lugar, saiu maiu e despencou para o décimo posto.

Rubens Barrichello, que saiu do 15º lugar, teve problemas e precisou parar já na quarta volta, quando estava na última das 24 posições, para trocar pneus. Pouco tempo depois, com a chuva se avizinhando, os líderes também passaram pelo pitlane para substituir os compostos. Vettel, mais uma vez, se manteve na frente.

Nas trocas da Ferrari, porém, Felipe Massa levou a pior e perdeu cerca de 7s, dada a dificuldade de um dos mecânicos com seu pneu dianteiro esquerdo. Alonso, que havia feito seu pit stop antes, tomou a posição do companheiro. Pouco tempo depois, já estava em terceiro, enquanto Massa era o décimo.

Na 25ª volta, Rubens Barrichello não resistiu a seu final de semana cheio de problemas e, com problemas no câmbio, abandonou - a Williams já havia perdido Pastor Maldonado, primeiro carro a deixar a prova. Na mesma volta do brasileiro, o mexicano Sérgio Perez também deixou a corrida com dificuldades técnicas em sua Sauber.

Na frente, Felipe Massa chegou a disputar a primeira posição com Sebastian Vettel, em meio a suas trocas de pneus. Porém, após passar pelos boxes, caiu para o sétimo lugar. Mesmo assim, conseguiu se estabilizar e passou a pressionar em busca de posições.

Enquanto Vettel seguia líder absoluto, Alonso encostava para tentar tomar o terceiro lugar de Hamilton. Na volta 45, porém, de tanto apertar, o espanhol acertou o bico na roda traseira do ex-companheiro, o que obrigou seu retorno aos boxes. Resultado: caiu para sétimo lugar, atrás de Massa (quinto) e Mark Webber (sexto).

Webber, em melhor rendimento, não demorou muito tempo e logo tomou o quinto lugar de Massa. Lá na frente, a cinco voltas do fim, Nick Heidfeld se valeu do bom rendimento da Renault e abriu a asa traseira para ultrapassar Hamilton, tomando do inglês o terceiro lugar.

O piloto da McLaren ainda escapou e voltou aos boxes, promovendo Webber para quarto e Massa para quinto. No fim, o australiano não teve tempo de ultrapassar Heidfeld, que se manteve em terceiro Assim, se garantiu no pódio atrás de Vettel e Button, que cruzaram a linha de chegada sem problemas.

Confira o resultado final do GP da Malásia:

1. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull Renault): 56 voltas

2. Jenson Button (GBR/McLaren Mercedes): +3s2

3. Nick Heidfeld (ALE/Lotus Renault GP): +25s0

4. Mark Webber (AUS/Red Bull Renault): +26s3

5. Felipe Massa (BRA/Ferrari): +36s9

6. Fernando Alonso (ESP/Ferrari): +37s2

7. Lewis Hamilton (GBR/McLaren Mercedes): +49s9

8. Kamui Kobayashi (JAP/Sauber Ferrari):+1min06s4

9. Michael Schumacher (ALE/Mercedes):+1min24s8

10. Paul di Resta (GBR/Force India Mercedes): 1min31s5

11. Adrian Sutil (ALE/Force India Mercedes): +1 volta

12. Nico Rosberg (ALE/Mercedes): +1 volta

13. Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso Ferrari): +1 volta

14. Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso Ferrari): +1 volta

15. Heikki Kovalainen (FIN/Team Lotus Renault): +1 volta

16. Timo Glock (ALE/Virgin Cosworth): +2 voltas

17. Vitaly Petrov (RUS/Lotus Renault GP): +4 voltas

Abandonaram

Vitantonio Liuzzi (ITA/Hispania Cosworth)

Jérôme d"Ambrosio (BEL/Virgin Cosworth)

Jarno Trulli (ITA/Team Lotus Renault)

Sergio Perez (MEX/Sauber Ferrari)

Rubens Barrichello (BRA/Williams Cosworth)

Narain Karthikeyan (IND/Hispania Cosworth)

Pastor Maldonado (VEN/Williams Cosworth)

Fonte: Terra, www.terra.com.br