Vilson faz "propaganda" do Palmeiras e critica pai de Moreno

Vilson faz "propaganda" do Palmeiras e critica pai de Moreno

Após vestir a camisa, Vilson falou que a intenção é ser campeão da Libertadores.

O zagueiro Vilson, ex-Grêmio, não concorda com as palavras de Mauro Martins, pai do atacante Marcelo Moreno, que chamou o Palmeiras de "equipe fracassada" para dizer que seu filho não gostaria de ser envolvido na troca que levou Hernán Barcos ao time gaúcho.

"Não sei a real história, só vi o que saiu na internet, não sei se o pai dele falou isso mesmo. Se falou, acho que foi muito infeliz. No momento em que deu a entrevista, não estava preparado para falar do Palmeiras. Moreno é um grande cara, uma grande pessoa e sei que respeita todos os clubes", disse o novo defendor alviverde, apresentado nesta segunda-feira.

Após vestir a camisa, Vilson falou que a intenção é ser campeão da Libertadores e garantiu que não está dando "um passo para trás" na carreira. Ele se diz animado com o acerto, tanto que tentou convencer outro ex-companheiro a acertar rapidamente.

"Conversei com o Léo Gago, ele está muito animado, com muita vontade de vir. Não sei como está sendo a negociação, a minha foi muito rápida, em um estalar de dedos. Fui muito bem recebido, o grupo é maravilhoso. A confiança do Gilson e da diretoria foi muito grande. Ele me ligou e falei: vem, porque aqui o pensamento é muito forte para alcançar os objetivos neste ano", completou.

No que depender do diretor-executivo José Carlos Brunoro, tanto o volante Léo Gago quanto o meia Rondinelly e o atacante Leandro vão vestir a camisa nos próximos dias. O dirigente já confirmou o acerto e aguarda os exames médicos para apresentar os novos reforços. Já Marcelo Moreno não deve mesmo chegar. Em compensação, o Palmeiras receberá um valor em dinheiro ou acertará com outro atleta.

"Joguei mais de um ano com eles, são jogadores de personalidade, que vestem a camisa e se entregam dentro de campo. Vindo para cá, com certeza vão ajudar bastante, são jogadores de grupo, vão acrescentar", concluiu Vilson.

Fonte: Terra