Volante sofre parada cardíaca e morre durante treino de seu time em hotel no RN

O jogador chegou a ser socorrido, mas morreu a caminho do hospital.

O volante Neto Maranhão, ex-jogador do Santa Cruz, morreu na manhã de hoje, em decorrência de uma parada cardiorrespiratória, durante o treinamento do time do Potiguar de Mossoró, em um hotel na cidade de Mossoró, a 285 quilômetros de Natal. O jogador chegou a ser socorrido, mas morreu a caminho do hospital.

Segundo informações da imprensa local, os jogadores do Potiguar não foram submetidos a testes capazes de detectar problemas cardíacos antes do início da pré-temporada e, no momento em que o jogador começou a se sentir mal, não havia médico no campo de treinamento. O jogador, que tinha 28 anos, já havia vestido as camisas de times como Treze, Corinthians-RN, Santa Cruz, Monte Azul, Petrolina, Campinense e Salgueiro. Ele era uma das principais estrelas do Potiguar para a disputa do Campeonato Estadual.

Revelado pelo Maranhão, o volante teve rápida passagem pelo Náutico em 2009. No ano seguinte, foi contratado pelo América-MG. Neto Maranhão completaria 29 anos no próximo dia 18. A diretoria do Potiguar de Mossoró estaria estudando a possibilidade de pedir o adiamento da estreia do time no Campeonato Estadual, que está marcada para o dia 13, contra o Potyguar CN, no Estádio José Bezerra, às 17h.

Confira a nota publicada pelo clube em seu site oficial:

?O Potiguar de Mossoró está de luto pelo falecimento do atleta Roque Alves de Lima Neto (Neto Maranhão), de 28 anos, natural de São Domingos MA.

O jogador faleceu na manhã desta quarta-feira, 9. Neto Maranhão era um dos destaques do atual elenco, além de ser um dos líderes do grupo alvirrubro.

A Diretoria da Associação Cultural e Desportiva Potiguar de Mossoró divulgará em breve mais detalhes em uma outra NOTA OFICIAL?.

Fonte: Terra