Brasil comemora vaga na semifinal do Mundial com time da Polônia engasgada

Mesmo com a vaga garantida na semifinal os brasileiros ainda querem uma revanche

A seleção brasileira de vôlei que se mostrava invicta no Mundial teve um gostinho de derrota após perder para a Polônia. Mesmo com a vaga garantida na semifinal os brasileiros ainda querem uma revanche.

- A pressão estava grande. É bom, sempre bom ganhar dos russos. É uma vitória que traz confiança. Faltava eles respeitarem um pouco mais a gente. Mas na terça, a Polônia teve jogadores que fizeram um pouco o papel do "Tintim" (Spiridonov, o provocador ponteiro russo).

Alguns jogadores desrespeitaram. O número 13 (Kubiak). Nós perdemos mais psicologicamente do que tecnicamente. Mas o mundo dá voltas. Espero que possamos encontrar a Polônia mais à frente. O jogo contra eles deixou um amargo na nossa boca. A gente não só perdeu, mas fomos desrespeitados por alguns jogadores lá. E isso fica. Se a gente cruzar com eles lá na frente será uma motivação a mais - disse Leandro Vissotto.

Ao contrário do Brasil, a Polônia ainda não está classificada para a próxima fase, que será disputada no sábado. Decidirá seu destino nesta quinta-feira, na Atlas Arena, contra a Rússia. Para ficarem com a vaga, os anfitriões precisam ganhar dois sets. Só serão eliminados se Muserskiy & Cia vencerem por 3 a 0 ou 3 a 1. A partida será às 15h25 (de Brasília).

Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Globo Esporte