Wanderlei nocauteia Stann e é ovacionado em retorno ao Japão

Wanderlei nocauteia Stann e é ovacionado em retorno ao Japão

Com o estilo agressivo de sempre, Wanderlei já havia protagonizado no primeiro round um golpe

Com uma combinação de socos seguida de fortes golpes no ground and pound, o brasileiro Wanderlei Silva derrotou por nocaute, na madrugada deste domingo (horário de Brasília), o americano Brian Stann, em luta válida pela categoria meio-pesado no UFC on Fuel TV 8, disputado no Japão.

Silva, considerado uma lenda no país asiático por suas vitórias no extinto evento Pride, conseguiu nocautear o adversário no segundo round, aplicando um cruzado de direita e outro de esquerda na sequência. Os golpes levaram o americano ao chão; o brasileiro, então, partiu para cima e começou a socar Stann, que ainda tentou se defender. No entanto, o árbitro interferiu e encerrou a luta.

Com o estilo agressivo de sempre, Wanderlei já havia protagonizado no primeiro round um golpe que levantou o público e provocou um banho de sangue, ao acertar o nariz do rival. Conhecido como "Cachorro Louco", o brasileiro de 36 anos lembrou seus velhos tempos de Pride, em combate agitado desde o primeiro minuto e que rendeu a ele e Stann o bônus de luta da noite.

O brasileiro foi ovacionado pela torcida ao final da luta, quando subiu nas grades do octógono para receber a saudação.

Baixinho Hunt nocauteia "gigante" e aumenta invencibilidade

No segundo combate mais importante da noite, o neozelandês Mark Hunt, de 1,78 m, encarou o holandês Stefan Struve, de 2,13 m. Foi o encontro do menor lutador da divisão dos pesados contra o mais alto de todo o UFC - e quem se deu melhor foi o "baixinho". Com uma sequência no terceiro round, Hunt levou Struve a nocaute e aumentou a sequência de vitórias para quatro seguidas - a maior de toda a categoria peso pesado no momento. O atual campeão da divisão é o americano Cain Velasquez.

Confira todos os resultados do evento

Card principal

Meio-pesado: Wanderlei Silva (BRA) venceu Brian Stann (EUA) por nocaute no 2º round

Pesado: Mark Hunt (NZL) venceu Stefan Struve (HOL) por nocaute técnico no 3º round

Peso não-oficial: Diego Sanchez (EUA) venceu Takanori Gomi (JAP) por decisão dividida

Médio: Yushin Okami (JAP) venceu Hector Lombard (CUB) por decisão dividida

Pena: Rani Yahya (BRA) venceu Mizuto Hirota (JAP) por decisão unânime

Meio-médio: Dong Hyun Kim (COR) venceu Siyar Bahadurzada (AFE) por decisão unânime

Card preliminar

Médio: Brad Tavares (EUA) venceu Riki Fukuda (JAP) por decisão unânime

Galo: Takeya Mizugaki (JAP) venceu Bryan Caraway (EUA) por decisão dividida

Leve: Kazuki Tokudome (JAP) venceu Cristiano Marcello (BRA) por decisão unânime

Galo: Alex Caceres (EUA) venceu Kyung Ho Kang (COR) por decisão dividida

Meio-médio: Hyun Gyu Lim (COR) venceu Marcelo Guimarães (BRA) por nocaute no 2º round

Fonte: Terra, www.terra.com.br