Wanderlei Silva afasta despedida e nocauteia Le no UFC 139

Wanderlei Silva afasta despedida e nocauteia Le no UFC 139

Brasileiro fez combate estudado, mas nocauteou vietnamita no segundo round

O brasileiro Wanderlei Silva garantiu sobrevida no UFC ao vencer, neste sábado (madrugada de domingo no Brasil), o vietnamita Cung Le na edição 139 do evento. A luta pelo peso médio foi a quarta das cinco do card principal da programação, realizada no HP Pavilion, na cidade americana San Jose.

Aos 35 anos, Wanderlei ainda enfrenta a irregularidade na carreira - foi apenas a quarta vitória do brasileiro em dez combates desde 2006, envolvendo UFC e Pride. Os comentários de demissão ou aposentadoria do paranaense ganhavam força diante de suas derrotas nas últimas participações no UFC, e outro revés diante de Le poderia encerrar sua trajetória.

O brasileiro agora amplia seu cartel nas artes marciais mistas com mais uma vitória - são 34, com 11 derrotas e um empate. Cung Le, por sua vez, sofreu sua segunda derrota em nove combates, com sete vitórias. O vietnamita ainda acumula outras carreiras de sucesso, com vitórias no kickboxing e participações em filmes de ação e artes marciais.

Curiosamente, o palco da luta deste sábado foi o mesmo onde Cung Le fez sua estreia no mundo das artes marciais mistas. Morador de San Jose, no estado da Califórnia, o vietnamita lutou pelo Strikeforce em março de 2006, derrotando Mike Altman - ambos especialistas em kickboxing.

No primeiro round do combate deste sábado, Cung Le atacou com sua especialidades, os chutes. Wanderlei Silva, com um começo apático, estudou boa parte do assalto, mas partiu a atacar e tentar a trocação nos minutos finais.

No segundo round, em meio aos gritos de apoio da torcida, Wanderlei viu o rival arriscar jabs e diretos, sem o mesmo sucesso. O brasileiro, por sua vez, tentava alguns chutes, mas igualmente sem sucesso - para piorar, o asiático investia muito no fundamento.

Porém, a 40s do fim do segundo assalto, o brasileiro acertou um chute alto de direita em Le. O rival acusou o golpe e levou um soco no rosto. A partir daí, Wanderlei passou a atacar, e garantiu o nocaute com uma sequência de joelhadas no rosto do rival.

Fonte: Terra, www.terra.com.br