Washington marca contra, mas Flu arranca empate do Atlético-PR

Washington marca contra, mas Flu arranca empate do Atlético-PR

Fluminense ficou duas vezes em desvantagem no marcador

O Fluminense ficou duas vezes em desvantagem no marcador, mas arrancou um empate por 2 a 2 com o Atlético-PR neste domingo, na Arena da Baixada. Washington marcou contra, mas Marquinho deixou tudo igual para os visitantes. No fim do jogo, Wagner Diniz deixou o seu e Conca, cobrando pênalti, evitou o revés tricolor.

Com o resultado, a equipe do técnico Muricy Ramalho soma seu quinto jogo sem vitória na competição, mas ainda assim assume a liderança provisória, com 54 pontos, mesmo número que o Cruzeiro, que enfrenta o Atlético-MG em clássico ainda neste domingo. O Atlético-PR é o sétimo colocado, com 47 pontos.

Atlético-PR e Fluminense fizeram jogo equilibrado no primeiro tempo. Mesmo com muitos desfalques, o time tricolor teve mais volume no início e as primeiras chances de gol, em cabeçada para fora de Rodriguinho e em chute fraco de Washington. O Atlético-PR se acertou atrás e passou a pressionar mais a partir dos 20 minutos, sem, no entanto, oferecer muito perigo.

O time da casa tinha as bolas paradas com Paulo Baier como principal arma, mas a defesa tricolor, bem postada, anulava as tentativas. Só no final do primeiro tempo os rubro-negros quase marcaram, primeiro com Paulinho, em cobrança de falta defendida por Ricardo Berna, e com Guerrón, que desviou na saída do goleiro e viu a bola sair perto da trave direita. Nos acréscimos, o Fluminense respondeu com Washington, mas Neto salvou os paranaenses.

O Fluminense voltou para a etapa final com Júlio César na vaga de Carlinhos, enquanto o Atlético-PR não teve mudanças. Porém, diante de um fraco reinício de partida, com os dois times abusando dos erros de passes, Sérgio Soares fez duas substituições, mandando Wagner Diniz e Ivan Gonzalez a campo. Mas seria graças a uma ajuda do rival que os rubro-negros abririam o placar.

Aos 16min, Paulo Baier cruzou da esquerda e Washington desviou contra as próprias redes. Logo depois, Guerrón se chocou com Diguinho e caiu na área. Os donos da casa pediram pênalti, mas a arbitragem ignorou. Mas no momento em que o Atlético-PR dominava o jogo o Fluminense buscou o empate. Marquinho aproveitou sobra da defesa e acertou o canto de Neto aos 24min.

O duelo ganhou contornos de dramaticidade nos minutos finais, com os dois times criando chances. Aos 35min, Washington chutou da entrada da área e exigiu boa defesa de Neto. Três minutos depois, veio o castigo. Após chute de Nieto, Wagner Diniz, em posição irregular, desviou para as redes.

O Fluminense ainda buscaria a igualdade. Tartá, que entrou no segundo tempo, invadiu a área e foi derrubado por Ivan Gonzalez. Pênalti, convertido por Conca. A equipe carioca volta a campo na próxima quinta-feira, quando recebe o Grêmio. No mesmo dia, o Atlético-PR visita o São Paulo.

Fonte: Terra, www.terra.com.br