Werdum passa mal e deixa arena em uma cadeira de rodas

Werdum passa mal e deixa arena em uma cadeira de rodas

Peso-pesado brasileiro sofre queda de pressão ainda na sala de imprensa.

O peso-pesado Fabrício Werdum, que venceu na madrugada de domingo o americano Roy Nelson por decisão unânime dos juízes e conquistou o prêmio de luta da noite do UFC 143, recebendo um prêmio de US$ 65 mil (cerca de R$ 95 mil) sentiu-se mal logo após a coletiva de imprensa oficial do evento.

Logo após o fim da entrevista, Werdum deixou o palanque onde estava e sofreu uma forte queda de pressão, precisando sentar-se e ser amparado por seu técnico, Rafael Cordeiro e seu companheiro de treinos, Renato Babalu.

Sentado em uma cadeira, Werdum jogou água na cabeça e tomou um copo de refrigerante para tentar melhorar. - Logo depois de acabar a coletiva, quando me levantei, senti uma tontura muito forte, e a minha pressão desabou. Também estou com dor nas duas pernas, pois dei quatro joelhadas no Roy Nelson, e ele defendeu com o cotovelo. A dor está muito forte, e estou com dificuldade para andar.

Após alguns minutos, Werdum deixou a sala amparado, mas teve de sentar-se novamente alguns metros adiante. A equipe do lutador solicitou uma cadeira de rodas para levá-lo ao seu quarto. O lutador ainda planejava participar de uma das festas pós-evento que aconteceria no hotel MGM Grand, mas a sua presença dependeria da sua condição física.

Fonte: Sportv