Williams diz que Senna sofreu queimaduras no GP de Cingapura

Equipe inglesa não explicou causa do abandono nem dos ferimentos no brasileiro

Além do problema no Kers que provocou seu abandono no GP de Cingapura, no último domingo, Bruno Senna saiu do carro da Williams com queimaduras nas costas, revelou o diretor de operações Mark Gillan. A equipe inglesa não soube explicar a causa dos ferimentos.


Williams diz que Senna sofreu queimaduras no GP de Cingapura

?Temos uma boa ideia [do que causou as queimaduras], mas estamos investigando apenas para descartar eventuais causas potenciais?, disse Gillan.

Em Marina Bay, a Williams viveu um fim de semana frustrante. Pastor Maldonado chegou a andar em terceiro, mas por conta de um pitstop ruim, caiu para décimo e abandonou com uma falha hidráulica. Senna, por sua vez, saiu de 22º no grid para décimo nas últimas voltas antes de estacionar seu carro com uma falha no sistema de reaproveitamento de energia.

?Estamos investigando as falhas e temos plena confiança em chegar rapidamente à causa raiz [dos abandonos], além de implementar as correções necessárias?, declarou Gillan, que descartou a alta temperatura em Cingapura como motivo para os abandonos.

A seis provas do fim da temporada, a Williams ocupa a oitava colocação no Mundial de Construtores, 21 pontos atrás da Force India. No campeonato de pilotos, Maldonado possui o 15º posto, com 29 pontos, quatro à frente do companheiro de equipe Senna.

Fonte: UOL