Zagueiro-artilheiro salva, e São Paulo empata com Cruzeiro nos acréscimos

Zagueiro-artilheiro salva, e São Paulo empata com Cruzeiro nos acréscimos

O empate leva os dois clubes aos quatro pontos, mas o São Paulo fica vice-liderança da competição graças ao saldo de gols superior ao do Cruzeiro.

Em Uberlândia, no Estádio Parque do Sabiá, o atual campeão Cruzeiro recebeu o São Paulo diante da sua torcida e sofreu um amargo empate por 1 a 1 nos acréscimos. Júlio Baptista marcou o gol que quase deu a vitória ao clube mineiro neste domingo, na segunda rodada do Campeonato Brasileiro, mas Antonio Carlos, no último ataque são-paulino, empatou de cabeça.

O empate leva os dois clubes aos quatro pontos, mas o São Paulo fica vice-liderança da competição graças ao saldo de gols superior ao do Cruzeiro. O clube mineiro é o terceiro colocado, pois tem apenas dois gols diferença entre marcados e sofridos, contra três dos adversário paulista.

Mesmo jogando fora do Mineirão, o Cruzeiro não encontrou problemas para mostrar superioridade dentro das quatro linhas, embora na primeira etapa ambas as equipes tenham criado poucas chances de gol. Coincidentemente, as melhores oportunidades de cada time vieram na bola parada.

Para o Cruzeiro, o gol quase saiu aos 22min, quando Éverton Ribeiro alçou bola para a grande área e Ricardo Goulart, desmarcado, cabeceou à esquerda da meta de Rogério Ceni. O próprio goleiro-artilheiro são-paulino teve a oportunidade aos 41min de marcar mais uma vez contra uma de suas maiores vítimas, mas pegou muito embaixo da bola em uma falta próxima da meia lua e mandou por cima do gol defendido por Fábio.

No retorno dos vestiários para a etapa complementar, o Cruzeiro precisou de cinco minutos para abrir o marcador com Júlio Baptista, que cobrou falta precisa da entrada da área para o fundo das redes. Rogério Ceni nem se mexeu, apesar da bola ter passado bem próxima do seu posicionamento.

Uma vez na frente no placar, o time da casa se soltou e começou a levar perigo à meta adversária em jogadas de bola rolando, enquanto o clube visitante quase não ameaçou Fábio, que teve uma tarde tranquila no Parque do Sabiá até os acréscimos do segundo tempo, quando Antonio Carlos marcou de cabeça após uma cobrança de falta de Osvaldo da intermediária direto para a área cruzeirense.

Na terceira rodada do Campeonato Brasileiro, o São Paulo recebe no próximo sábado, às 18h30, o Coritiba no Estádio Pacaembu. O Cruzeiro viaja para Brasília para enfrentar o Atlético-PR no Estádio Mané Garrincha.

Fonte: Terra